Disney japonesa: O sucesso dos animês

Anime e Cartoon

É muito fácil para quem não conhece confundir os dois segmentos. A diferença é que as produções japonesas são chamadas de animê – palavra derivada do inglês animation “animação” – e estão diretamente ligadas ao estilo de quadrinhos mangá. Pode-se afirmar, de uma maneira simplificada que é a versão animada dessas histórias em quadrinhos.

Os formatos internacionais, são normalmente classificados como  cartoons, como é o caso dos desenhos animados produzidos pela Disney e Nickelodeon que produzem o formato tanto para TV, como para cinema.

Existem alguns casos  de animês atualmente que sofrem o efeito oposto, as animações inspiradas em novels e até mesmo criações independentes se tornam mangás, algo que já sucesso garantido por vir de uma mídia para outra.

Um desses sucessos é o mangá Anohana, a principio ele foi publicado no formato de light novel (livro) e depois foi transportado para o formato animê. O sucesso foi tanto que ele além de ganhar um mangá, também recebeu uma versão em jogo para o PlayStation Portátil (PSP).

De Speed Racer e A Princesa e o Cavaleiro, na década de 70, passando pelo clássico Akira nos anos 80 e DragonBall que está presente até os dias de hoje, os desenhos japoneses vem encantando gerações de espectadores brasileiros e por todo o mundo. O que também inspira coleções de diversos segmentos para os fãs.

Atualmente é normal encontrar brinquedos de animês e cartoons em diversas lojas pela cidade, sem a necessidade de esperar meses de uma importação direta de outro país. O mercado de produtos derivados dos desenhos se expandiu para comportar as crianças e adultos colecionadores.

 

[^._.^]ノ
Anterior/Próximo

Páginas: 1 2 3 4 5 6

Você pode se interessar também por...