Torneio de sumô em maio terá entrada gratuita

Hoje, a Associação de Sumô do Japão anunciou que organizará um torneio livre em maio, ao invés do torneio regular de verão. A medida foi tomada em razão do recente escândalo de manipulação de resultado das lutas. A fraude levou ao cancelamento do torneio de março, que aconteceria em Osaka.

O conselho da associação decidiu não cobrar ingresso do público porque as investigações sobre o escândalo ainda estão em andamento e que as medidas para prevenir as fraudes ainda não estão em vigor.

Em fevereiro, a polícia descobriu a fraude ao investigar mensagens de telefones celulares e e-mails entre lutadores e treinadores em que combinavam o resultado das lutas. Entre os motivos da fraude, estaria o pagamento pela vitória que garantiria a ascensão ou permanência em determinada categoria, o que implicaria diretamente nos prêmios a receber. Outra hipótese éa participação em esquemas de apostas clandestinas.

Neste torneio livre, os lutadores serão avaliados para que seja formado um ranking para o restante da temporada. As cerimônias e rituais típicos do sumô serão realizados, assim como o registro dos resultados. Porém, não haverá premiação em dinheiro para os vencedores.

Segundo a NHK, a Associação de Sumô pediu, na semana passada, que 23 lutadores e treinadores envolvidos nas fraudes se afastassem. Hoje, 21 lutadores e um treinador se retiraram.