Ralf se despede da Toyota

A 11ª posição no GP do Brasil, disputado domingo 21, foi o último resultado do alemão, Ralf Schumacher, na Toyota.

O piloto corria pela escuderia japonesa fazia três anos. Seus melhores resultados aconteceram na Hungria e China, em 2005, e Austrália, em 2006, obtendo o terceiro lugar nas duas. Em toda sua trajetória na equipe, Ralf conseguiu ao todo 70 pontos.

“O time trabalhou muito duro e fizemos muitas mudanças no carro durante o ano. Foi uma temporada difícil em termos de resultados, mas tentamos o nosso melhor e, simplesmente, as coisas não deram certo”, disse.

Em 2007, o alemão conseguiu apenas sete pontos em toda a temporada.