Boeing no Japão apresenta risco de acidente

Investigadores encontraram um avião da Air Nippon que pode ter os mesmos defeitos da aeronave taiwanesa que explodiu após aterrissar em Okinawa na semana passada, informou o Ministério dos Tranportes.

Eles disseram que a arruela do Boeing 737 está desaparecida. A peça serve de base para a porca para distribuir a pressão no local – no caso, a aba da asa do avião.

O problema foi detectado em uma parte diferente da aba do avião da China Airlines, que explodiu no aeroporto de Naha por causa de um vazamento de combustível.

“Mas o risco do parafuso se soltar e perfurar o tanque é real tanto quanto no avião que pegou fogo:, disse um funcionário da seção de segurança aérea do Ministério dos Transportes.

A companhia aérea Air Nippon lamentou o caso, dizendo que não fez reparos nessa área do avião desde que o adquiriu, em janeiro deste ano.

“Se a peça se soltou, ele poderia ter se resvalado em algum ponto”, disse um membro da companhia. “Nós não sabemos o que causou essa situação, só que é lamentável.”

As investigações em aeronaves de três companhias aéreas japonesa – a Japan Airlines, a Air Nippon e a Skymark Airlines – foi feita a pedido da fabricante de aviões Boeing. A solicitação veio após a explosão do avião taiwanês em Okinawa, no dia 20 de agosto.

Um total de 23 aviões do mesmo modelo que explodiu operam no Japão. Não foram encontrados defeitos nos outros 22, informou o ministério.