Patrimônio da Humanidade #9: Nara

Yasufumi Nishi/JNTO

Portão do santuário Kasuga Taisha

Monumentos históricos da antiga província de Nara

Entre 710 e 784, quando a província de Nara foi designada capital do Japão, a região foi consolidada como um dos principais expoentes culturais e religiosos do país.

Foto: JNTO

Templo Yakushiji é um dos monumentos históricos de Nara


Templos budistas e santuários shintoístas, além das ruínas do antigo palácio imperial marcam esse patrimônio japonês que testemunha a evolução da arquitetura e arte do Japão.

JNTO

O Grande Buda tem 14,7 m de altura e está dentro do Templo Todaiji

A lista de monumentos históricos inclui: o sítio arqueológico do Palácio Heijo (antigo Palácio Imperial do Japão), cinco templos budistas (Tôdai-ji, Kôfuku-ji, Yakushi-ji, Gangô-ji e Tôshôdai-ji), um santuário shintoísta (Kasuga-Taisha) e a paisagem cultural (Kasugayama Primeval Forest), uma área natural que integra todos os santuários shintoísas. Este conjunto representa a vida e a religiosidade no Japão do século VIII, período de profundas mudanças políticas e culturais.

Um dos destaques é a gigantesca estátua do Buda, com seus 14.7 m de altura, guardado no templo Todaiji. A construção, que foi reformada no período Edo (1603-1867) é a mais antiga e maior estrutura de madeira criada pelo homem no mundo.

nara

Monumentos históricos da antiga província de Nara

Onde: Nara
Como chegar:

  • De Tokyo: [trem-bala] Viaje de trem pela linha JR Tokaido (Nozomi) até a estação de Kyoto (2h15 pelo trem Nozomi ou 2h45 pelo trem Hikari). Depois siga pela Linha Kyoto Kintetsu, da estação de Kyoto até a estação de Nara.
  • De Osaka: [trem] Viaje de Kintetsu Namba até a estação de Nara pela linha Nara Kintetsu (35 min de trem expresso)

Mais informações: http://www.pref.nara.jp/

Conteúdo publicado originalmente na edição #149 da revista Made in Japan.