Vice-presidente do Senado japonês renuncia após escândalo

Especula-se que o político embolsou 25 milhões de ienes