Kyoguen – Teatro cômico do Japão

São Paulo – 15 e 16 de novembro de 2017

kyogenEm comemoração aos 61 anos da Aliança Cultural Brasil Japão e antecipando as comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil, o palco da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social recebe duas peças de teatro Kyoguen, o teatro cômico do Japão.

As peças escolhidas são “Kobuuri – O vendedor de algas” e “Bonsan – Bonsai” e serão apresentadas nos dias 15 e 16 de novembro de 2017.

Com mais de sete séculos de história, o Teatro Kyoguen é um gênero artístico que reúne técnicas de canto, dança, poesia e música em narrativas que de um lado abrigam o ideal de beleza simbólica e de outro retratam em tons burlescos a verdadeira essência da natureza humana.

O Kyoguen revela os defeitos do ser humano com comicidade. Conflitos entre patrões e empregados, intrigas entre marido e mulher, um esperto querendo passar a perna em um ingênuo são temas constantes no universo kyoguen. Através de uma expressão realista do humor, retrata a
verdadeira essência da natureza humana, em tons burlescos.

Programa de apresentações

Serão apresentadas duas peças do repertório clássico.

Bonsan – Bonsai

Bonsan é o nome dado a uma pequena composição de pedras montada sobre uma bandeja, representando uma paisagem ou um “jardim em miniatura”. Certa vez, havia um colecionador de Bonsan. Um homem invejoso pede algumas peças de Bonsan para o colecionador, mas este frustra seu desejo. Irritado, o homem resolve roubar o objeto de cobiça. Após enfrentar dificuldades, finalmente o larápio consegue se infiltrar na mansão do colecionador, pela entrada dos fundos, e começa a escolher o seu Bonsan. O colecionador escuta o barulho causado pelo larápio e grita, excitado. O larápio se assusta e se esconde atrás dos Bonsan. Mais calmo, o colecionador reconhece o rosto do larápio e resolve pregar uma peça nele e pergunta se o ser que estava escondido ali era um cachorro ou um macaco. Desesperado, o larapio late como um cachorro e guincha como um macaco, na tentativa de escapar impune. O colecionador se diverte com a situação e pergunta se o ser escondido era um pargo. Encurralado, o larapio precisa se virar para imitar um pargo.

Como diz a expressão “bancar o avestruz”, não adianta um homem tentar se esconder atrás de um pequeno Bonsan. É evidente que será descoberto. Trata-se de um homem tolo. Antigamente, as ruas não eram iluminadas por energia elétrica como nos dias de hoje. Então talvez o larápio tenha pensado que teria sucesso em se esconder. Porém, acaba facilmente desmascarado. O ponto alto desta peça é observar como o ator representa a tentativa do larápio, de imitar o movimento e o som do peixe pargo.

Kobuuri – O vendedor de algas

Kobuuri significa vendedor de algas marinhas do tipo kombu, ingrediente essencial na culinária japonesa. Nesta peça, trata-se de um comerciante que transita aproximadamente 80 km, para transportar sua mercadoria de Obama (baía de Wakasa, na atual província de Fukui) até Quioto (Kyoto).

Certa vez, um Daimyo (equivalente japonês de “senhor feudal”) enviou seus vassalos para realizarem outras tarefas e viu-se obrigado a seguir trajeto sozinho, carregando a sua própria espada (função que seria de um vassalo). Durante sua jornada, o Daimyo encontra um Kobuuri e o força a ser seu carregador de espada, contra a vontade do comerciante. O Kobuuri acaba assumindo este papel por um momento, mas logo se enfurece com os contínuos autoritarismos do Daimyo, e finalmente se rebela, desembainhando a espada…

Podemos ver nesta peça satírica, a reviravolta, ou a inversão de posição, em que o oprimido acaba zombando de seu opressor, obrigando o Daimyo a dançar e cantar para vender o kombu. Esta peça nos brinda com diversas melodias clássicas do Kyogen e das artes/entretenimento tradicionais japonesas como o Utaibushi, Jyoruribushi e odoribushi. As variadas melodias utilizadas como se fossem vinhetas ilustram a figura de um comerciante da Era Medieval do Japão.

Esta apresentação é uma realização da H.I.S. Brasil Turismo com apoio institucional da Aliança Cultural Brasil-Japão, Japan Foundation São Paulo, Japan House e Kenren Federação das Associações das Províncias do Japão no Brasil.

Cena de Kobu-Uri Kyoguen

Cena de Kobu-Uri Yoshihiro Maejima

Ponto de venda oficial

Teatro Kyoguen no Brasil

Teatro Kyoguen no Brasil

H.I.S. Brasil Turismo agência Liberdade
Praça da Liberdade 190, 2° andar, conj-21. Liberdade – São Paulo
Telefone: (11) 3271-0452

Kyogen – Teatro cômico do Japão

Quando: 15 e 16 de novembro de 2017 (quarta e quinta)
Horários: (quarta-feira) às 15h e (quinta-feira) às 20h
Onde: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo
Endereço: Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo – SP
Quanto: R$ 80 (inteira)
Mais informações: www.facebook.com/events/278232906000036

*Para a compra de meia entrada, é necessário apresentar um documento com foto.