Entrega do prêmio Sorteio 110 Filantrópico 110 Anos

Sorteio Filantrópico 110 Anos

Cerimônia de entrega dos prêmios do Sorteio Filantrópico 110 Anos

Foram 25 mil bilhetes concorrendo ao prêmio máximo de um carro Toyota Prius pelo Sorteio Filantrópico 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil (divulgada pela Made in Japan neste post). A sorte grande foi do técnico eletrônico aposentado e vice-presidente da Associação Okinawa da Casa Verde, Eduardo Nagatomo, que com apenas um bilhete em mãos, ganhou o maior prêmio do sorteio.

Celso Simomura entrega o prêmio a Eduardo Nagatomo

A definição dos números sorteados foi feita pela Loteria Federal no dia 24 de fevereiro de 2018 e a cerimônia de premiação aconteceu no dia 14 de março na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo.

No evento de entrega, estiveram presentes o cônsul Kenji Iwashima, Celso Simomura, vice-presidente da Toyota do Brasil, Eduardo Yoshida, membro do Conselho Superior da Aliança Cultural Brasil-Japão, Renato Ishikawa, presidente do Hospital Santa Cruz, e Eiki Shimabukuro, presidente do Okinawa Kenjinkai do Brasil.

A Toyota sempre esteve ligada à comunidade de imigrantes japoneses, e não por acaso, neste ano em que comemoramos 110 anos de imigração japonesa no Brasil, a Toyota completa 60 anos no Brasil, acreditando sempre no país. Vamos continuar apoiando as ações comemorativas”, Celso Simomura, vice-presidente da Toyota do Brasil.

Outros premiados

Além do carro, mais quatro bilhetes foram sorteados para receber os prêmios doados pela Fast Shop. Cada um levou um prêmio diferente, Helen Ohara, ganhou uma câmera digital Cannon, Ernesto Arashiro (representado na cerimônia representado pela irmã Marie Arashiro), uma smart TV Panasonic, Toshiba Medical do Brasil (representada por Rui Ferreira de Almeida) , um smartphone Sony e Antônio Kawakami (representado por Edson Yuki), um micro-ondas Panasonic.

A vice-presidente do Bunkyo esteve presente na cerimônia também como representante da Fast Shop e ressaltou a ligação histórica da empresa com a comunidade nikkei. “Os diretores são da segunda geração de imigrantes japoneses e sempre estiveram ligados a esse espírito da cultura japonesa valorizando a solidariedade, explicou ao lembrar que a relação entre a Fast Shop e o Bunkyo é de longa data, “desde as comemorações dos 50 anos do Bunkyo, passando pelo apoio ao Museu da Imigração Japonesa no Brasil e o espaço cultural da entidade.

A Fast Shop sempre esteve ligada à comunidade nikkei no Brasil. É muito importante estar aqui, fazendo parte da história da imigração japonesa e contribuir para que cultura se mantenha viva com princípios, valores e solidariedade, Teruco Kamitsuji, vice-presidente do Bunkyo.

As arrecadações do sorteio filantrópico

O sorteio dos bilhetes é uma das frentes de arrecadação de fundos para a comemoração oficial dos 110 Anos de Imigração Japonesa no Brasil, que também conta com doações de pessoas físicas e empresas.

Segundo Yoshiharu Kikuchi, presidente da Comissão Executiva, a estimativa é que até 2018 sejam arrecadados 3 milhões de reais. Dessas arrecadações, 30% serão destinadas às festividades e os outros 70% serão revertidos para melhorias do Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque. “Acredito que este local tem possibilidade de abrigar atividades não só da comunidade Nikkei, como da região de São Roque, que tem forte vocação para o turismo”, explicou Kikuchi.

Mais fotos da entrega do prêmio Sorteio 110 Filantrópico 110 Anos

Você pode se interessar também por...