Entrevista com Bin Furuya

Entrevista com Bin Furuya na CCXP 2017

Entrevista com Bin Furuya Rafael Salvador

Durante a Comic Con Experience de 2017, o ator japonês Satoshi Furuya, mais conhecido como Bin Furuya foi um dos convidados especiais. Ele esteve presente nos quatro dias do evento, que aconteceu de 7 a 10 de dezembro em São Paulo.

Bin Furuya nasceu em Tóquio, em 5 de julho de 1943 e ingressou na carreira fazendo uma ponta no filme de kaiju Ghidorah, o Monstro de Três Cabeças (1964). Mais tarde, continuou fazendo pontas em filmes da produtora Toho e ficou conhecido mundialmente depois de interpretar o personagem principal da série Ultraman (ウルトラマン – Urutoraman), em 1966. Na sequência, outro papel de grande relevância da carreira do ator foi na série Ultra Seven (ウルトラセブン – Urutorasebun, 1967-1968), na qual interpretou o estrategista Amagi.

Em uma breve entrevista à Made in Japan, o ator contou curiosidades dos bastidores das gravações e falou sobre a criação do personagem Ultraman. Leia a entrevista completa mais adiante.

Bin Furuya Ultraman

A clássica pose do Ultraman Rafael Salvador

Ao lado do ator Kenji Ohba (leia a entrevista aqui), Furuya foi uma das atrações principais da área Anime Experience, voltada à cultura japonesa (e que mostramos neste outro post). Na área, os atores distribuíram autógrafos e tiraram fotos com os fãs, inclusive com a equipe da editora JBC, a quem Furuya gentilmente concedeu a entrevista. Ele também participou de uma palestra no auditório Ultra, no dia 10 de dezembro, na programação da CCXP 2017.

Entrevista com Bin Furuya

Como eram os bastidores das gravações de Ultraman?
Nas gravações de Ultraman, todos levavam a produção muito a sério. Como eram adultos gravando um programa infantil, queríamos que, ao final do episódio, as crianças tivessem muitos sonhos, por isso, todos os envolvidos uniam suas forças para fazer um ótimo programa. Isto fez com que Ultraman se tornasse uma ótima obra, era trabalho em equipe!

Bin Furuya na CCXP 2017

Bin Furuya na CCXP 2017 Rafael Salvador

Na série, o Ultraman teve três máscaras diferentes. Qual você prefere?
Eu gosto da primeira versão.

Você tem planos para produzir novos tokusatus?
Claro! Estou pensando em fazer um filme novo no Japão.

Como era a sua relação com o autor da série, Eiji Tsuburaya?
Era muito boa. Ele sempre falava “Força, Ultraman!”

No processo de criação do personagem, você se envolvia para criar os golpes e movimentos do Ultraman?
Sim, claro! Eu pensava em várias coisas também. Para criar a “forma” do Ultraman, como não dava para ser uma coisa explicada, eu acabava me esforçando bastante para mostrar e marcar isso para todos.

Na série Ultraman, por exemplo, todos conseguem identificá-lo mesmo por trás do personagem, justamente por causa da sua expressão corporal e da pose (clássica com os braços cruzados). Isso foi criação sua ou foi ensaiado?
Foi uma criação minha. Isso foi inspirado em James Dean (ator americano que se tornou ícone da rebeldia e da juventude dos anos 1950).

Bin Furuya com a equipe da JBC

Bin Furuya com a equipe da JBC Rafael Salvador

Você pode se interessar também por...