Mie, a província das cachoeiras

As inúmeras cachoeiras espalhadas pela província é o que mais chama a atenção entre suas diversas belezas naturais. Aliás, Mie possui um cenário paisagístico rico e bastante diversificado. Outros destaques são suas regiões montanhosas como as “Sete Montanhas” de Suzuka, muito procurada por alpinistas.

Em Mie está localizado o Ise Jingu, o maior complexo xintoísta do Japão, formado por 125 templos (alguns com mais de 2 mil anos de existência). O complexo divide-se em duas partes: Geku e Naiku, onde está guardado o espelho sagrado Yata no Kagami, um dos três grandes tesouros imperiais.

Outra localidade de destaque é Ojima, conhecida também como a ‘Ilha das Pérolas Mikomoto’, onde seus moradores se dedicam à arte secular de extrair e criar jóias com as pérolas. O seu distrito, Toba, ganhou projeção mundial por ser a primeira cidade do mundo a cultivar pérolas, no século passado. Criada pelo descobridor do processo, Kokichi Mikimoto, a fábrica que leva o seu nome funciona até hoje, atraindo turistas de diversos lugares.

A província também abriga indústrias de diversos setores, empregando muitos estrangeiros. Segundo levantamento realizado pelo governo de Mie em 2007, 51.638 estrangeiros moravam na província, sendo a grande maioria (21.338) vindos do Brasil.

No setor industrial, destacam-se o desenvolvimento da indústria de maquinaria de transporte como navios e carros, e a indústria química pesada como refinaria de petróleo, além da fabricação de produtos de alto valor agregado como semicondutores e cristal líquido.

Graças ao clima moderado da região (temperatura média anual entre 14 e 15ºC) a província ganha destaque na produção agropecuária, piscicultura e madeireira como as carnes bovinas de Matsusaka e Iga, o chá e as lagostas de Ise e as ostras de Matoya.

Programa imperdível

Em se tratando de Mie, quem conhece um pouco do Japão logo pensa no parque de diversão Nagashima Spaland, um dos maiores do país (e que já apresentamos em outros posts). É uma ótima opção de passeio, mas há outras atrações impressionantes proporcionadas pela própria natureza como o Onigajo, uma encosta litorânea esculpida pelas erosões, ondas, terremotos, entre outros fenômenos.

Há uma lenda que diz que o local já foi habitado por um demônio. As cavernas esculpidas na encosta emitem um som agudo, como se fosse uma lamentação, tornando as histórias mais fortes.

Para comer

Apesar de não ser o ponto forte do Japão, devido o baixo consumo, em Matsusaka, cidade localizada entre a capital Tsu e Ise, é produzida a melhor carne do país. Tenra e suculenta, quem prova afirma que é até mesmo a melhor do mundo. Também, não é para menos, as vacas pretas (kuroushi) são rigorosamente selecionadas e tem um tratamento de rainha. Para a carne ficar bem macia, elas vivem confortavelmente em locais extremamente calmos por até três anos, bebem cerveja para ajudar na digestão, recebem massagens e até são untadas com uma bebida destilada chamada Shochu.

Curiosidades
Residência samurai em Matsusaka

Gojoban Yashiki, residência samurai em Matsusaka JNTO

Mie abriga a cidade de Iga Ueno, também conhecida como a terra dos ninjas. Essa lendária organização secreta nasceu na cidade por volta do século 14, dando início a um dos estilos ninja mais famosos: o Iga-ryu. Conhecidos por inúmeras habilidades, muitas vezes os ninjas eram contratados por pessoas de alto poder político para espionar, sabotar e até matar. Atualmente, a pequena e isolada Iga Ueno mantém o Museu Ninja Yashiki, onde estão expostas desde as armas até as vestimentas usadas na época.

Iga também é conhecida como a cidade natal de Matsuo Bashô (1644 – 1694), um dos maiores poetas de haikai do Japão. Por meio de suas obras, ele disseminou a prática desse estilo de poesia no Japão.

Além da cultura milenar, Mie também é conhecida pelos apaixonados por Fórmula 1, afinal, lá está localizada o Circuito de Suzuka – a única pista no mundo que se cruza em um “X”–, onde Ayrton Senna conquistaria seu tricampeonato em 1991. Três anos antes, a pista também foi palco para uma das das provas mais eletrizantes da história da F-1. Em 1988, o piloto brasileiro (então da McLaren) era pole, mas perdeu posições para 14º lugar. Em menos de 20 voltas, Senna conseguiu ultrapassar a todos, entrando em uma disputa acirrada contra Alan Prost e conquistando o primeiro lugar no pódio.

Informações sobre Mie

Nome: Mie
Capital: Tsu
Localização: Região de Kansai, ilha de Honshu
Área: 5.776,44 Km²
Site oficial da província (em japonês): www.pref.mie.jp/index.shtm

No Brasil

Mie Kenjinkai – Associação Cultural e Assistencial Mie Kenjin do Brasil
Endereço: Av. Lins de Vasconcelos, nº 3352 – Vila Mariana – São Paulo – SP
Telefone: (11) 5549-6857

Conteúdo publicado originalmente na edição 141 da revista Made in Japan.

Você pode se interessar também por...