Aliança Cultural promove ‘1º Aliança Matsuri’

Aulas de artes no Centro Cultural Aliança, em Pinheiros

Aulas de artes no Centro Cultural Aliança, em Pinheiros Foto: Rafael Salvador

A Aliança Cultural Brasil-Japão promoveu nos dias 2 e 3 de setembro o 1º Aliança Matsuri, um evento que foi aberto para a comunidade com oficinas de origami, shodô, hipnomangá e outras atividades artísticas.

Preparado para promover os cursos oferecidos pelo Centro Cultural Aliança, o evento reuniu mais de 1000 pessoas que passaram para conhecer as novas instalações durante os dois dias de evento.

Professores que oferecem cursos regularmente na Aliança Cultural Brasil-Japão participaram das atividades com workshops.

As aulas básicas apresentaram aos alunos um pouco do que será oferecido regularmente na unidade de Pinheiros.

Shodô no Centro Cultural Aliança

Elcio Yokoyama da aulas de shodô. Foto: Rafael Salvador


O professor de shodô Elcio Yokoyama comentou que o workshop foi uma forma de apresentar os primeiros passos para quem ainda não tinha contato com a arte.

“A maioria das pessoas que participaram do workshop nunca tinham escrito com o pincel e algumas sequer conheciam os ideogramas japoneses”, observou completando que o curso acaba ensinando um pouco dos dois universos, a escrita e a língua. “É como se ensinássemos o traçado e também o japonês, como um básico de dois em um”, conta.

Aulas de hipnomangá

Outra atividade do evento foi a aula de hipnomangá, oferecida pelo professor e desenhista Fabio Shin. Ele contou que essa foi sua primeira experiência da técnica com um grupo grande e explicou como o hipnomangá pode auxiliar quem quer aprender a desenhar.

A técnica consiste em três pontos centrais: relaxamento, foco e concentração. Segundo Shin, para desenhar é preciso imaginação, concentração e foco, que são os mesmos pilares da hipnose.

Fabio Shin da aula de hipnomangá Foto: Rafael Salvador

“Um só intensifica o outro na hora da explicação e da produção”. O professor ainda explicou que o curso ajuda no desenvolvimento das técnicas: “o que eu levava em uma aula comum em média 15 minutos para explicar [técnicas de desenho], com a técnica é possível fazer em dois minutos”, explica.

As aulas de hipnomangá serão oferecidas como parte do curso de mangá, já que é preciso aprender as técnicas básicas para seguir com as mais elaboradas.

Outras atividades oferecidas como origami, orinuno (origami com tecidos), kirigami, ikebana e washie foram sucesso entre os visitantes, que puderam participar de uma aula e produzir algumas peças.

As aulas no Centro Cultural Aliança já estão com inscrições abertas, confira as turmas disponíveis e mais informações aqui (www.aliancacultural.org.br/).

Galeria de imagens do evento

Você pode se interessar também por...