Hiroshima da natureza e da paz

Hiroshima ficou conhecida mundialmente por uma das maiores tragédias da humanidade. Foi em sua capital, de mesmo nome, que foi lançada a primeira das duas bombas atômicas que arrasaram o Japão na Segunda Guerra Mundial. O primeiro ataque atômico ocorreu em 6 de agosto de 1945 e 250 mil pessoas foram mortas ou feridas.

A capital Hiroshima guarda lembranças da destruição e ergueu monumentos à paz que atraem milhões de turistas todos os anos. O Parque Memorial da Paz, A Cúpula da Bomba-A, a Chama da Paz, o Monumento da Paz das Crianças e o Museu Memorial da Paz são alguns deles.

Na economia da província, destacam-se a indústria automobilística, a construção de navios e a pesca, sobretudo de ostras. A ilha de Miyajima, localizada no Mar de Seto, reserva belezas naturais como o Monte Misen e o santuário xintoísta de Itsukushima, dedicado às deusas guardiãs do mar.

Construído no século 6 d.C. o santuário é famoso por seu torii flutuante, que é um das três mais belas paisagens do país. O Memorial da Paz de Hiroshima e o santuário de Itsukushima são considerados Patrimônio da Humanidade pela Unesco (veja a lista aqui).

Hiroshima Prefecture ©JNTO

Templo Itsukushima

Programas imperdíveis

O Castelo de Hiroshima foi construído em 1590 pelo senhor feudal Terumoto Mori e reconstruído em 1958, após a Segunda Guerra. Ele funciona como um museu que conta a história da cidade.

O passeio até a ilha de Miyajima proporciona um encontro mais profundo com a natureza, ao desembarcar da balsa que deixa na ilha, você é muitas vezes saudado por alguns dos veados que andam livres e povoam a região. É comum alguns fotógrafos reunirem os turistas para uma foto no local.

Para comer

Uma boa pedida são as ostras (kaki). Hiroshima tem a maior produção de ostras do país. Peça ostras à milanesa e não se espante se, em vez de farinha de rosca, o chef usar pão francês triturado (chamado de panko) para fazer a milanesa. Além de saboroso, o prato fica mais crocante.

Curiosidades

A ilha de Itsukushima é palco de apresentações de bugaku, uma espécie de espetáculo musical da antiga corte japonesa. A dança teve origem na Índia e veio ao Japão por meio da China e Coreia. O sacerdote que executa a dança usa roupas cor de laranja, como as cores do santuário.

Informações sobre Hiroshima

Nome: Hiroshima
Capital: Hiroshima
Localização: Sul da ilha de Honshu
Área: 8.476.95 km²
Site Principal da província (em japonês): www.pref.hiroshima.lg.jp

No Brasil

Sociedade Civil Hiroshima Kenjinkai do Brasil
Endereço: R. Tamandaré, 800 – Liberdade – São Paulo – SP
Tel: (11) 3207-5476

.: Saiba mais sobre a ilha de Miyajima nesta outra matéria.

Conteúdo publicado originalmente na edição 141 da revista Made in Japan.