Os cenários de Akira

Cenários de Akira

A história de Akira, criada por Katsuhiro Otomo na década de 80, retrata um futuro pós-apocalíptico de Tokyo. Três décadas se passaram após a devastação causada pela 3ª Guerra Mundial e as ruas da metrópole são tomadas pelo terror.

Ambientado em 2019 (na versão americana do mangá, a história se passa em 2029), o filme mostra uma cidade caótica, destruída. No filme, Otomo, e o diretor de arte Toshiharu Mizutani, criaram a Neo-Tokyo tal qual você vê abaixo nas imagens. Aliás, criação e destruição é uma dupla recorrente na obra.

Nela, os cenários detalhados são impressionantes por si só e são essenciais para mostrar a realidade e toda a tensão da narrativa. Arranha-céus, carros explodidos, as pistas expressas vazias dão profundidade e o tom de Akira.

Neo-Tokyo em 2019

Estádio Olímpico de Neo-Tokyo

Parece até que Otomo previu que as Olimpíadas voltariam a acontecer em Tokyo! Só a contagem que ficou deslocada, já que a placa indica que aquela seria a 30ª edição dos jogos e, na verdade, será a 32ª.

“Faltam 147 dias para as Olimpíadas de Tokyo”

Na época em que a obra foi escrita, a edição dos jogos de verão já tinham sido sediadas em Tokyo (em 1964) e, sim, a próxima edição será lá mesmo, em 2020. Será coincidência?

Analisando o contexto geral daquele período histórico, o estádio pode ser entendido como um símbolo de reconstrução, relembrando os rumos do país que se preparava para se tornar uma nova potência na década de 60.

Veja mais cenários de Akira

 

Sobre Akira, de Katsuhiro Otomo

A versão do filme animado de Akira foi lançada mundialmente em 1988 e se tornou um marco da animação japonesa que incluiu experimentos em animação analógica e digital.

Antes da produção do filme, o que deu start ao sucesso mesmo foi o mangá, publicado no Japão entre 1982 e 1990, que conquistou milhares de leitores desde o seu lançamento. Mais complexo e mais detalhado, o mangá retrata os acontecimentos de forma mais aprofundada e explica diversas passagens do que acontece durante e depois do filme (até porque o mangá continuou a ser produzido depois que o anime foi lançado).

Marcando o relançamento mundial do título, o mangá Akira será lançado no Brasil pela Editora JBC e passou por um processo minucioso de produção que envolveu restauração, remasterização e digitalização dos materiais originais, com acompanhamento do próprio autor e sua equipe. Esta promete ser a edição definitiva da obra e chega às livrarias e lojas especializadas em junho de 2017.

Para saber mais

Site oficial: mangasjbc.com.br/titulos/akira

Você pode se interessar também por...

  • Claudio Augusto Martins August

    muito bom assisti o Filme Akira no Cinema em 1988
    eu tinha 15 anos na Época agora estou esperando O Mangá de Akira chegar para ler amo os Quadrinhos Japoneses e Chineses aprendo muito sobre a Cultura do Sol Nascente