As Ilhas dos Gatos

foto por - かがみ~ (via photopin)

Ilha de Tashirojima, em Miyagi

Pode parecer título de filme, mas na verdade é como são conhecidas algumas ilhas no Japão. As mais conhecidas são Tashirojima e Aoshima, consideradas paraíso dos bichanos, já que lá, o número deles supera o de humanos residentes.

Os felinos são considerados ‘amuleto de sorte’ no Japão (saiba mais neste post), de forma que tanto moradores, como turistas não se importam de terem mais gatos do que humanos ao redor.

Tashirojima

Ao desembarcar na ilha, você é recebido pela visão de alguns gatos pelas redondezas. Os animais andam soltos pela ilha e se espalham, literalmente, por todos os lados.

Foto por Rahen z - photopin

Santuário dos Gatos em Tashirojima

Mais a fundo na ilha, se encontra o santuário dos gatos, conhecido como Neko-jinja, que fica entre duas vilas. A ilha faz parte da província de Miyagi, que por si só já apresenta um grande amor pelos felinos. São, em média, mais de 50 monumentos em forma de gatos, mais do que em qualquer outra parte do país.

Mesmo tendo sido atingida pelo grande terremoto seguido de tsunami em 2011, o local mantém um número alto dos animais que convivem com moradores e turistas em harmonia.

Para chegar à ilha, é preciso pegar um barco que parte do porto Ishinomaki e vai até o porto Nitoda, em Tashirojima. São cerca de 40 minutos de viagem e, dependendo da época do ano, são disponibilizadas duas ou três viagens por dia.

Aoshima

Ilha de Aoshima, em Ehime

Parte da província de Ehime, a ilha de Aoshima também abriga um número de gatos que supera o de humanos. Olhando fotos, é como se estivéssemos no mesmo lugar, de tantos felinos passeando livremente.

O local não apresenta estrutura para receber visitantes, o que não afasta quem gosta dos bichanos da ilha. Apesar de não ter restaurantes, hotéis, máquinas de lanches ou carros de aluguel, Aoshima é destino de muitos estrangeiros e japoneses para passeios de um dia.

A princípio, trazido para lidar com ratos, praga que dominava a região, os gatos se multiplicaram e hoje são a presença dominante, em cores, tamanhos e estágios da vida.

Para chegar à ilha, a viagem de barco dura aproximadamente 30 minutos e é feita apenas durante o dia. Como são apenas duas viagens por dia, às 8h e às 14h30, a partir do Porto de Nagahama (perto da estação JR Iyo Nagahama), procure comprar os tickets com antecedência para não perder viagem.

Como chegar

Tashirojima: ajishimaline.com/pg117.html (em japonês)
Aoshima: www.city.ozu.ehime.jp/soshiki/nagahamash/0375.html (em japonês)