Treinadores de karatê shotokan vêm ao Brasil em fevereiro

Os treinadores de karatê do estilo Shotokan, Okabe Shigehiro e Ejiri Masahiro, que fazem parte dos principais circuitos do esporte no Japão e no mundo, vêm ao Brasil em fevereiro de 2017 para participar de workshops e apresentações nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte.

Levando em conta que o karatê foi integrado para as próximas Olimpíadas em 2020, Japão, a Fundação Japão em São Paulo convidou os treinadores japoneses com o propósito de difundir o esporte no Brasil.

Apresentamos um pouco sobre a carreira de cada um deles abaixo.

Okabe Shigehiro

Foto - Fundação Japão São Paulo

Okabe Shigehiro da aula para crianças e adultos dos 3 aos 60 anos

Okabe Shigehiro nasceu em 1952 e iniciou no karatê ainda no colégio. Chegou a capitão da equipe pela Kyoto Sangyo University e, com o time, levou o título no 26º Campeonato Nacional Japonês de Karatê.

Mesmo após a graduação, Shigehiro permaneceu cumprindo suas rotinas de treinamento e se aperfeiçoando, atingindo boas colocações em campeonatos nacionais. Há cerca de 20 anos, fundou uma academia onde atende os interessados de 3 a 60 anos de idade, oferecendo os ensinamentos dos cinco princípios do espírito de luta e disciplina.

É atualmente 6º dan no estilo Shotokan de karatê e mestre do 6º dan pela Japan Karatedo Federation (Federação Japão de Karatedo), examinador de proficiência do 3º nível e árbitro oficial em kumite/kata nível nacional, pela mesma federação. Também treinador avançado pela Japan Sports Association.

Outros cargos que ocupa são de diretor executivo na Japan Karatedo Students Federation, diretor executivo e chefe de arbitragem na Kansai Karatedo Students Federation, diretor executivo da Japan Shotokan Karatedo Association e diretor geral da Japan Shotokan Karatedo Association – filial de Osaka.

Ejiri Masahiro

Foto - Fundação Japão São Paulo

Ejiri Masahiro da aula para alunos do ensino fundamental

Ejiri Masahiro nasceu em 1967 e iniciou no karatê durante o ensino fundamental. Seu tio dava aulas e isso foi um dos incentivos para que continuasse com as aulas mesmo após o esporte não fazer mais parte de sua grade escolar.

Há 15 anos, fundou a academia Seiyukan onde dá aulas para estudantes do ensino fundamental e os leva para o campeonato nacional japonês.

É atualmente 5º dan no estilo Shotokan de karatê, treinador esportivo oficial pela Japan Sports Association, árbitro oficial de nível nacional pela Japan Karatedo Federation, árbitro do campeonato mundial e diretor executivo e de arbitragem da Nagano Karatedo Federation.

Apresentações no Brasil

Os treinadores japoneses irão se apresentar em dois eventos no Brasil: um em São Paulo e outro durante o 6º Festival do Japão em Minas.

Clique abaixo no nome do evento para descobrir os detalhes.

.:Workshop de karatê Shotokan (São Paulo – SP)

.:Apresentação de karatê Shotokan (Belo Horizonte – MG)

Você pode se interessar também por...