Mangá Anohana será lançado no Brasil

04_anohana

Este já é o sétimo anúncio de 2016 que a Editora JBC traz aos fãs de quadrinhos japoneses do Brasil. “Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai” (あの日見た花の名前を僕達はまだ知らない), ou simplesmente Anohana, é uma obra da autora japonesa Mari Okada e foi lançado no Japão na revista Jump Square, da editora Shueisha.

A versão do mangá foi publicada um ano depois do lançamento da light novel (romance ilustrado) e do animê (de mesmo nome) e ganhou os traços exuberantes e ao mesmo tempo delicados de Mitsu Izumi (7th Garden), em 3 volumes.

Como toda franquia de sucesso no Japão, além da light novel, do animê e do mangá, Anohana também foi lançado no cinema como um longa animado e em live-action (com atores reais), como um jogo para o videogame PSP, da Sony, e ainda foi adaptado para a TV como uma novela em live-action, em 2014.

A história

Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai (literalmente, “Nós Ainda não Sabemos o Nome da Flor que Vimos naquele Dia”), conta a história de seis amigos que, quando crianças, costumavam brincar sempre juntos. Certo dia, a pequena Menma sofre um acidente fatal e o ocorrido fere o grupo que acaba se desfazendo com o tempo.

Anos depois, Jinta ainda sente a culpa pela morte da amiga, mas para sua surpresa, ele passa a ser visitado por Menma, que volta para realizar um último desejo.

O animê Anohana

chichibu2Produzido pela A-1 Pictures e dirigido por Tatsuyuki Nagai, a série de animê tem 11 episódios e foi ao ar no Japão em 2011.

Com o sucesso da série, a cidade Chichibu (em Saitama), que é palco da trama começou a conquistar os fãs que encontravam as referências da vida real.

Um dos pontos turísticos mais marcantes da cidade é a ponte que aparece na capa de divulgação do animê.

Anohana_chichibubashi

chichibu3img

Neste post mostramos mais algumas comparações do animê com a vida real. Descubra como é o cenário verdadeiro de Anohana.

Você pode se interessar também por...