Dia do Gato – Neko no Hi

Ron Ron Cafe, em Matsuyama, oferece espaço para fãs de gatos

Ron Ron Cafe, em Matsuyama, oferece espaço para fãs de gatos

No Japão, o dia 22 de fevereiro é conhecido como o Dia do Gato. Mas, por que será que foi escolhida essa data específica?

Observe só a combinação dos números:

    2/22 >> 2 – 2 – 2 >> ニ ニ ニ >> Ni Ni Ni (dois, dois, dois)

Que se assemelha a…

    ニャンニャンニャン >> Nyan Nyan Nyan (miau, miau, miau)

gif gato

Em japonês, o número dois é “ni”, que é parecido com “nyan” que significa “miau”. Portanto, o dia do “Nyan Nyan Nyan” é nada mais, nada menos que um jogo de palavras com a leitura de“Ni Ni Ni” (assim como o dia 1/11 é o Dia do Cachorro).

A adoração pelos gatos no Japão se estende ao longo da história e pode ser encontrada em santuários shintoístas, chamados de Neko-jinja 猫神社 em Fukui (Hagoromo Jinja), Kagoshima (Nekogami Jinja), Miyagi (Tashirojima) e Tokyo (Imado Jinja).

Os felinos também serviram de inspiração para artistas como Hiroshigue Utagawa e Kuniyoshi Utagawa, que os retraram em séries de pinturas em ukiyo-e, no período Edo (1603-1868) e do escritor Natsume Soseki, que ganhou notoriedade com a obra “Eu sou um Gato” (ed. Estação Liberdade).

Hiraki Ukiyo-e Foundation

Gato Atravessando para Comer, de Hiroshigue Utagawa

Já imaginou uma ilha inteira povoada por gatos? Pois, no Japão uma só não basta. Lá, existem 2 ilhas conhecidas como “ilha dos gatos”: Tashirojima (Miyagi) e Aoshima (Ehime). Lá, é possível ter um contato bem próximo com os felinos que costumam ficar principalmente nas áreas portuárias à espera dos pescadores com carregamentos de peixes.

A indústria dos gatos

Hoje, não faltam referências aos gatos em mangás e animes (veja abaixo os mais populares). Eles movimentam toda uma indústria do entretenimento que inclui comerciais estrelados por gatos, jogos, livros de fotografia e lojas especializadas em produtos para amantes de gatos. As cafeterias denominadas “Neko Cafe” passaram a fazer parte da língua inglesa com o termo “cat cafe“, que foi inserido no dicionário Oxford em 2015. Todos esses efeitos positivos na economia ganharam até um apelido: “nekonomics“; e tornaram o nicho um alvo certo para os negócios no Japão.

Maneki Neko

Yasufumi Nishi/JNTOA crença diz que o maneki neko tem o poder de atrair bons negócios, prosperidade e dinheiro. Por causa desses atributos, acabou “adotado” pelos comerciantes, que enfeitam seus estabelecimentos.

Mas o gato também tem tamanho status, que é adquirido por qualquer pessoa que está à espera de uma mudança em sua vida ou na dos outro (saiba mais em “O gato da sorte é pop“).

Em Tokyo, tem um templo, no bairro Setagaya, para os “gatos da sorte”. O Templo Gotoku é cercado por jardins bem cuidados e há um oratório informal, com estátuas de maneki neko.

Os gatos mais populares

Os gatos mais populares da cultura japonesa, de acordo com a pesquisa feita pela Japan Pet Food Association são:

  1. Neko Bus
  2. O ônibus animação meu Amigo Totoro, dos Studio Ghibli

    O ônibus animação meu Amigo Totoro, dos Studio Ghibli

  3. Hello Kitty
  4. Hello Kitty, é apelida de Kitty-chan pelos fãs da personagem

    Hello Kitty, é apelida de Kitty-chan pelos fãs da personagem

  5. Doraemon
  6. Doraemon é o gato-robô

    Doraemon é o gato-robô

    Concorda com este top 3? Quais entrariam na sua lista?

Fontes: JNTO, NZHerald, Japanshrinestemples, Observer.com .

Você pode se interessar também por...