Akiyuki Nosaka morre aos 85 anos

nosaka
Conhecido pela autoria de “Cemitério dos Vagalumes (Hotaru no Haka)”, Nosaka nos deixou no dia 9 de dezembro, aos 85 anos devido a complicações cardíacas. A confirmação foi divulgada somente no dia seguinte à mídia.

Suas obras como Cemitério dos Vagalumes (que que deu origem à animação dirigida por Isao Takahata, dos Estúdios Ghibli) e America Hijiki, apresentam um caráter semi-autobiográfico, baseadas nas memórias da guerra e, lhe renderam o Naoki Prize (prêmio literário do Japão), em 1967.

Nascido no dia 10 de outubro de 1930, em Kanagawa, Nosaka teve uma infância conturbada em um orfanato. Perdeu as duas irmãs, uma delas por má nutrição, e o pai adotivo, que foi vítima de um bombardeio na época da Segunda Guerra Mundial.

Já adulto, Nosaka construiu sua carreira como jornalista, escritor e compositor de músicas e jingles, entre elas a música infantil “Omocha no cha cha cha”, vencedora do Japan Record Award.

Em 1963, chegou a atuar na política, quando foi eleito para a Dieta Nacional, para a Câmara dos Conselheiros. Desde 2003, o escritor passava por tratamentos após sofrer um derrame, mas mesmo assim continuou a escrever para o jornal Mainichi Shimbun.

Você pode se interessar também por...