Entrevista com Fernanda Takai

#Brasil-Japão: Nova parceria entre as cantoras Fernanda Takai e Maki Nomiya

#Brasil-Japão: Nova parceria entre as cantoras Fernanda Takai e Maki Nomiya

Em comemoração aos 120 Anos de Amizade Japão-Brasil a cantora nipo-descendente Fernanda Takai fez uma nova parceria com a cantora japonesa Maki Nomiya (ex-vocalista do grupo japonês Pizzicato Five) para lançar a música “Love Song”, a pedido do
vice-cônsul do Japão em São Paulo, Yusuke Nakayama.

Essa não foi a primeira vez que as cantoras trabalharam juntas. Em 2011, Maki esteve no Brasil para três shows no Sesc Pinheiros (leia a entrevista aqui) e desde então outros trabalhos foram surgindo em conjunto entre shows em Tokyo e Belo Horizonte e até um EP “Maki Takai No Jet Lag”, pelo selo Taiyo Record.

Em entrevista à Made in Japan, Fernanda Takai falou sobre o lançamento da música comemorativa pelos 120 anos de amizade entre os dois países.

  • As comemorações pelos 120 anos de amizade entre Brasil e Japão estão acontecendo de diversas formas e o lançamento da música Love Song foi uma surpresa. Quando ela começou a ser pensada e como foi o processo de composição da letra e da melodia?

Fizemos a primeira reunião deste projeto em janeiro deste ano com o diplomata Yusuke Nakayama do Consulado Japonês em São Paulo. Contactei a Maki san e começamos a trocar ideias por e-mail. Traçamos juntas a intenção da letra. Fiz primeiro a melodia e harmonia, depois Maki criou a versão em japonês. Eu e John vertemos algumas partes para o português. Em meio aos nossos compromissos de carreira fomos evoluindo a canção. Em julho “Love Song” estava pronta. Maki gravou a parte dela em Tokyo e todo resto fizemos em Belo Horizonte.

  • O que esta comemoração representa, para você?

É um marco importante nessa relação histórica. Geralmente nos lembramos mais da comemoração da imigração japonesa ao Brasil, então foi bacana recolocar essa data no calendário dos dois países de uma forma bem simpática.

  • Em 2011, você e a Maki Nomiya chegaram a fazer shows juntas e até chegaram a a gravar um EP juntas. Como surgiu essa parceria entre vocês?

Eu e John sempre fomos fãs do trabalho da Maki no Pizzicato Five e essa admiração continuou até hoje com os inúmeros trabalhos solo que ela tem lançado. Em 2007, mandei um disco do Pato Fu através de um amigo japonês e ela sinalizou que tinha gostado de nós também. Assim, tudo acabou acontecendo naturalmente.

  • Haverá um trabalho especial de divulgação da música?

Queremos muito fazer um videoclipe da canção e estamos correndo atrás de apoiadores para isso. Havia uma ideia da Maki lançá-la no próximo disco que sairá em breve, tomara!

  • Poderia dar um recado para o pessoal que acompanha a Made in Japan e que curte a cultura japonesa?

Fico feliz em ver que a Made in Japan já está há tanto tempo se comunicando com quem gosta do Japão e seus pares. É uma história de muito êxito que deve continuar para sempre pois nossa admiração pela cultura japonesa nunca se esgota!

Com vocês, a música “Love Song”, de Fernanda Takai e Maki Nomiya

Você pode se interessar também por...