Animação japonesa recebe indicação ao Oscar de 2015

Animação dirigida por Isao Takahata

CArtaz de Kaguya-hime no monogatariCartaz de Kaguya-hime no monogatari

Os burburinhos sobre a lista dos indicados ao Oscar de 2015 já começaram e entre as indicações de melhor animação está o filme “Kaguya-hime no Monogatari” (Os Contos da Princesa Kaguya), dos Estúdios Ghibli.

O filme dirigido por Isao Takahata (diretor de “Cemitério dos Vagalumes”) foi lançado em 2013 e é baseado em uma lenda japonesa que conta a história da princesa Kaguya. Ela foi descoberta, ainda pequena, dentro de um bambu brilhante e, acreditando que ela era um ser divino, o cortador de bambu a leva para casa. (contamos mais sobre a lenda neste outro post)

Desde o seu lançamento, o filme já coleciona prêmios como Melhor Animação do Los Angeles Film Critics Awards, do Boston Society of Film Critics Award, do Asia Pacific Screen Awards, entre outros.

“Kaguya-hime no Monogatari” concorre ao Oscar com mais quatro animações: “Operação Big Hero”, “Como treinar o seu dragão 2”, “Os Boxtrolls” e “Song of the sea”. Só saberemos quem levará a estatueta no dia 22 de fevereiro, mas, com Oscar ou não, vale a pena conhecer esta nova obra de referência entre as animações 2D. (veja o trailer abaixo).

Ghibli e o Oscar

Esta é a quarta indicação de uma animação dos Estúdios Ghibli ao Oscar. Depois que “A Viagem de Chihiro” ganhou o prêmio em 2003, o diretor Hayao Miyazaki ainda recebeu mais duas indicações com “O Castelo Animado” (em 2006) e “Vidas ao Vento” (em 2014).

Clique na imagem e assista ao trailer do filme