Torcida exemplar

Torcedores japoneses recolhem lixo após jogo na Arena Pernambuco
Torcedores japoneses recolhem lixo após jogo na Arena Pernambuco

A atitude da torcida japonesa após os jogos da Copa tem gerado repercussão mundial pelo espírito de coletividade e limpeza. Os primeiros indícios da torcida apareciam nas arquibancadas, com a composição da torcida munida de sacos de lixo azuis no lugar de balões.

Logo após o término do jogo no Arena Pernambuco, no dia 14 de junho, torcedores japoneses foram fotografados recolhendo o lixo da arquibancada e essa atitude ganhou visibilidade ao redor do globo pelos sites de notícias e mídias sociais.

No jogo entre Japão e Grécia, na Arena Dunas, do dia 19 de junho, a cena se repetiu e gerou surpresa da imprensa japonesa justamente pelo espanto gerado pelos brasileiros. Isso porque este comportamento é natural à educação japonesa, não somente em estádios, mas em escolas (públicas ou privadas), em empresas, no dia-a-dia.

Torcida usa sacos de lixo no lugar de balões
Torcida usa sacos de lixo no lugar de balões

Pelas cidades japonesas, dificilmente são vistos cestos de lixo em vias públicas. A premissa é a de que cada um deve se responsabilizar pelo descarte adequado do lixo gerado. Por isso, espera-se que cidadão leve o lixo para casa e somente depois descarte-o de acordo com as regras da coleta seletiva do município. Uma outra alternativa seria procurar por uma loja de conveniência e jogar o lixo no cesto correspondente.

Se essa atitude já faz parte do sistema educacional da população japonesa, alguns programas de conscientização também têm papel importante nesse processo. Apresentamos, a seguir, três movimentos representativos que continuam gerando ações até hoje pelo mundo.

Gomi Mochikaeri Undou (ごみ持ち帰り運動)

Em 1972, a cidade de Oze, na província de Gunma, começou a promover o “Movimento Levar o Lixo” para pedir a colaboração dos moradores e principalmente alpinistas para que não deixassem o lixo nas montanhas após os passeios.

Esse incentivo foi se espalhando ao redor do país e também para outras situações pela importância da consciência coletiva para preservar o meio ambiente.

Gomi Zero Undou (530運動)

A sigla 530 permite a leitura de “Go (5) mi (3) zero (0)”, que pode ser interpretado como Movimento do “Lixo Zero”. O movimento foi uma iniciativa criada em 1975 na cidade de Toyohashi, em Aichi.

Essa iniciativa passou a ser adotada pelo resto do país e atividades relativas à limpeza costumam acontecer no dia 30 de maio (pelo trocadilho da leitura padrão das datas no Japão “5月30日”).

Voluntários da JICA (Japan International Cooperation Agency) também passaram a promover o projeto em suas áreas de atuação em países como Sri Lanka, Butão, Venezuela, Belize e outros para incentivar os funcionários a limpar o próprio ambiente de trabalho.

Zeladoria do Planeta

No Brasil, o empresário Hideaki Ijima foi o pioneiro deste movimento, ao trazer o núcleo da ONG Zeladoria do Planeta ao Brasil, em janeiro de 1996. A ONG japonesa transmite o “espírito de limpeza” a partir de uma iniciativa do empresário Hidesaburo Kagiyama. Kagiyama era dono da rede Yellow Hat, no Japão e começou a limpar o banheiro de seu próprio escritório, dando o exemplo a seus funcionários. Com o tempo, essa ação tomou proporções maiores, incluindo empresas que Kagiyama visitava, lugares públicos e ganhou adeptos no mundo inteiro.

Ijima trouxe a ideia para o Brasil em 1996, já fez ações no Parque Ibirapuera, no Parque da Aclimação e ganhou até o apelido de “faxineiro Ijima”, pois também ajudava a varrer uma praça próxima à sua casa, diariamente, entre 4h30 e 6h. “Um bando de japoneses limpando um banheiro público. Só podia ser um bando de malucos! Aos poucos, os brasileiros começaram a perceber que a limpeza da cidade não é responsabilidade exclusiva dos garis.” (p. 91, do livro Samurai das Tesouras, de Hideaki Ijima, publicado pela Editora JBC).

Movimento Lixo Zero

No Brasil, o Instituto Movimento Lixo Zero (www.lixozero.org) surgiu em 2015 com objetivo de apoiar o poder público, empresas e a sociedade na adoção de medidas sustentáveis para a não geração e a gestão de resíduos. O instituto promove uma certificação para empresas com treinamento e consultoria a fim de conscientizar a população sobre a política Lixo Zero.

Clique em uma das imagens abaixo para visualizar a galeria

Fotos: Getty Images

Você pode se interessar também por...