Explorando Kanazawa

Olá a todos! Tudo bem?

Obrigada por acompanharem a segunda parte do Diário de Bordo! :))

No dia de ir para a província de Ishikawa ( Localizada praticamente no centro do arquipélago japonês), tivemos que acordar bem cedinho para não perder o horário do shinkansen (trem-bala).

Eu estava super curiosa para saber como era andar de trem bala, mas acho que foi tão rápido que nem lembro muito como foi D: Mas, eu lembro que era muito chique, muito grande, parecia um avião, bem confortável…e sei que é bem caro também rs

Rapidinho chegamos na estação de Maibara e fomos procurar o vagão e o nosso lugar para sentar, que já estava reservado no trem expresso até Kanazawa (capital de Ishikawa).

Tsuzumimon é um portal que fica na estação de Kanazawa e tem o formato de um tsuzuri (tambor japonês)
Tsuzumimon é um portal que fica na estação de Kanazawa e tem o formato de um tsuzuri (tambor japonês)

A estação de Kanazawa é bem bonita (foi concluída em 2005) e ao sair vemos uma cúpula de vidro chamada “Motenashi Dome” e um portão de madeira chamado “Tsuzumimon” que foi projetado para parecer com um Tsuzumi, um pequeno tambor japonês de mão, utilizado no teatro japonês, tanto no Nô quanto no Kabuki, assim como na música folclórica… (Kanazawa é a cidade do artesanato e da arte folclórica).

Lá a Tsubasa já estava com o seu produtor Robert e o Sr. Ohta, diretor da TV japonesa MRO Hokuriku Housou que filmou nosso passeio por Kanazawa. *Ohta-san também veio filmar a Tsubasa no festival do Japão em São Paulo* :)

Depois de deixar as malas no hotel que eu ia ficar, fomos para o mercado Omicho ichiba! O mercado Omicho ichiba está localizado entre a Estação de Kanazawa e o jardim Kenrokuen, onde é possível encontrar os melhores pescados, legumes, frutas, produtos locais, além de flores, roupas, etc… Há um monte de restaurantes em torno do mercado onde você pode comer sushi e sashimi de peixes fresquinhos e me contaram que nos fins de semana sempre tem longas filas para entrar nos restaurantes. Às vezes, é preciso esperar uma hora ou mais, mas vale a pena o tempo de espera!

Almoçamos no restaurante Hirai e a Tsubasa me sugeriu comer Ebi Tendon , que por sinal tava muuito bom!! Nos restaurantes lá também podemos ver os alimentos servidos graças a técnica do mock-up!

Voltamos para o mercado e vimos kimonos de verão (yukata) lindos, experimentei algas em conserva e como no mercadão daqui de SP que oferecem pedaço de frutas para experimentar, me ofereceram camarão, eu fiquei olhando e falei:

– É pra comer assim, sem nada? cru? kkk
-Claro! É sashimi de camarão.

xD Era um pouco doce e como tava fresquinho eu achei gostoso! rs

O mercado Omicho ichiba tem peixes e frutos do mar bem frescos
O mercado Omicho ichiba tem peixes e frutos do mar bem frescos

Seguimos para o Castelo de Kanazawa! Sempre tive vontade de ver um castelo de perto! O Castelo de Kanazawa, construído em 1583, e o Kenrokuen são heranças culturais do clã Maeda. O clã Maeda governou o domínio de Kaga a partir de 1583 até a Restauração Meiji, em 1868.

O Kenrokuen é um dos três jardins mais bonitos do Japão. Foi estabelecido pela primeira vez no século XVII pelos senhores feudais de Kaga como seu jardim privado. Kenrokuen significa que o jardim tem seis atributos de um jardim perfeito. Esses seis atributos são: espaço, reclusão, artifício, a antiguidade, cursos d’água e panoramas. Realmente é um lugar lindo pra relaxar, passear e admirar a bela paisagem!

Depois fomos para o distrito das Gueixas, o Higashi chaya gai! Higashi Chaya gai é designado como Patrimônio Cultural Nacional, as antigas casas foram renovados em restaurantes, cafés e lojas de souvenirs, mas algumas ainda continuam como casas de entretenimento das gueixas. Pena que não vi nenhuma! Mas tenho muita vontade de voltar lá, ou para Kyoto e ver as belas artistas gueixas.

Mas no lugar das gueixas, apareceu uma simpática senhora tentando falar inglês com a gente, eu não entendi muita coisa haha

Um guarda-chuva foi colocado para que a sujeira do ninho de passarinho não caia nas pessoas que passam por ali Um guarda-chuva foi colocado para que a sujeira do ninho de passarinho não caia nas pessoas que passam por ali Tiramos muitas fotos, inclusive de um guarda-chuva em baixo de um ninho de passarinho, para não ter sujeiras hehe. Lugar bem tradicional, parecia que eu estava em um filme antigo!

Neste dia, a Tsubasa tinha uma entrevista na Ishikawa FM. Então, nos despedimos do Ohta san e fomos para a rádio porque íamos participar ao vivo, lá a professora de português da Tsubasa já estava nos esperando, ela participou da entrevista e traduziu pra mim tudo o que o Masayuki Kimura perguntava!

A Tsubasa estava contando sobre sua vinda ao Brasil e sobre a promoção do Diário de Bordo, foi bem divertido, apesar de ficar nervosa por ser programa ao vivo… hahaha
site da rádio : http://hellofive.jp/index.html

À noite, fomos nos encontrar no Omicho Ichiba com a VJ da Ishikawa FM, Rie Matsuoka.

Jantamos no MoriMori Sushi, um Sushi-bar onde seu pedido vem por uma esteira rolante deslizando pelo balcão e passa também pelas mesas. É muito legal!

No fim da refeição, paga-se de acordo com a cor e o número de pratos consumidos.

Comemos muitos tipos de sushi e sashimi. O que eu mais gostei foi o sashimi de salmão tostado no maçarico ~~ bom demais! Tudo fresquinho, um sabor incrível! Quando resolvi filmar, já estavam chegando os pedidos, por isso ficou curtinho o vídeo, mas dá pra ver como um pouco como funciona hehe

Na próxima semana, vou contar como foi no Aquário de Notojima, onde tem um dos maiores túneis submersos do Japão!Continuem acompanhando! :))bjsbjs

Clique em uma das imagens abaixo para visualizar a galeria

Fotos: Maisa de Oliveira/ Renato Iwai

Você pode se interessar também por...