A revitalização de um novo coração de Tóquio para 2020

Os jogos acontecerão nas duas zonas principais e no centro será construída a Vila Olímpica
Os jogos acontecerão nas duas zonas principais e no centro será construída a Vila Olímpica

Ainda faltam sete anos até os Jogos Olímpicos de 2020, mas a capital do Japão, escolhida como a cidade-sede do evento, já tem muitos projetos para colocar em prática até lá. Durante o processo de candidatura, o comitê Tokyo 2020 mostrou que todo o planejamento (financeiro, ambiental, estrutural) já está organizado para atender aos espectadores e atletas do mundo todo.

O governo de Tóquio já reservou 4,5 bilhões de dólares para investir em obras voltadas para o evento, que incluem a estruturação da Vila Olímpica e a concentração dos jogos em duas grandes áreas,  nos arredores da Baía de Tóquio.

Tokyo International ForumTokyo International ForumLevando em consideração a infraestrutura já existente (herdada dos Jogos Olímpicos de 1964), 15 instalações deverão ser renovadas, entre elas o Estádio Nacional de Yoyogi, no Parque Yoyogi e o Nippon Budokan, ao lado do Palácio Imperial.

Além disso, o planejamento inclui a construção de 11 instalações permanentes, entre elas o Sea Forest Waterway para as competições de remo e canoagem e o Centro Aquático Olímpico para as competições de natação, saltos ornamentais e nado sincronizado.

Entre os projetos de maior destaque está a reforma do Estádio Nacional, que terá uma construção futurística e capacidade para 80 mil pessoas. O projeto foi desenvolvido pela arquiteta iraquiana Zaha Hadid e deve ficar pronto até março de 2019, para receber o Copa do Mundo de Rugby.

O Estádio Olímpico Nacional será totalmente reformado
O Estádio Olímpico Nacional será totalmente reformado

A Vila Olímpica ficará bem na intersecção das duas zonas principais de esportes – a Zona do Patrimônio, que inclui as construções das Olimpíadas de 1964 e a Zona da Baía de Tóquio, na área que receberá os principais projetos de inovação, para facilitar o acesso dos atletas, que levarão cerca de 20 minutos para chegar aos locais de competição.

Fora dessas áreas, haverá mais cinco instalações adicionais, para competições de golf, ciclismo, futebol, pentatlo moderno e tiro esportivo.

Além disso, está prevista a reordenação da área verde nos arredores da Vila Olímpica com 433 novos hectares de área verde e uma “rede de rodovias verdes” com o plantio de mil árvores nas margens das rodovias de Tóquio.

Os jogos olímpicos devem acontecer entre os dias 24 de julho a 9 de agosto e os jogos paraolímpicos, de 25 de agosto a 6 de setembro de 2020.

Clique em uma das imagens abaixo para visualizar a galeria

Você pode se interessar também por...