Neko cafes fazem sucesso no Japão

Uma hora na cafeteria custa em média 20 reais
Uma hora na cafeteria custa em média 20 reais

A correria do dia a dia e a falta de espaço em apartamentos torna cada vez mais difícil a criação de pets nos últimos tempos. Pensando nessas dificuldades, começaram a pipocar no leste asiático, os “cat cafes”, ou como é chamado no Japão, “neko cafe”.

O primeiro neko cafe foi criado em Taiwan, em 1998 e a ideia logo foi comprada pelos (apaixonados por gatos) japoneses. Os neko cafes são cafeterias que servem cafés, bebidas e até comidinhas, mas a atração principal dessas casas não é o que é servido e sim quem “serve”. O staff principal é formado por gatos que são criados para servir de companhia para aqueles que não podem criar o seu próprio bichano em casa. Lá, o cliente pode aproveitar a parte boa de brincar com os pets sem ter que se preocupar com todas as obrigações e custos que um dono teria.

Falta de tempo, de espaço e custos altos dificultam a criação de um pet dentro de casaFalta de tempo, de espaço e custos altos dificultam a criação de um pet dentro de casaAntes de entrar no café, o cliente higieniza as mãos, troca os sapatos por chinelos, guarda a bolsa e escolhe o pacote de serviços que incluem o tempo de acesso à sala dos gatos e as bebidas. A sala é equipada com sofás, internet, caixas e brinquedos, tudo para deixar o visitante e os bichanos à vontade. Uma hora dentro de um neko cafe custa em média R$20, com direito a uma bebida.

Lá dentro, o cliente pode ficar à vontade para escolher com quem brincar, tirar fotos (sem flash), ou tirar uma soneca no sofá, como se estivesse em casa. No Ron Ron Café, da cidade de Matsuyama (Ehime), a visita inclui 15 minutos para brincar com dois filhotinhos, que por serem muito novatos, ficam um tempo limitado na sala. Clique aqui para visitar a página do neko cafe japonês.

Mundo afora
A tendência já foi adotada em outros países como Coreia e Áustria, que já abriram as primeiras unidades no ano passado. Agora, é a vez de Londres, que já tem uma proposta de abrir o “Lady Dinah’s Cat Emporium”. A idealizadora desse projeto, Lauren Pears lançou uma campanha online de arrecadação de fundos para viabilizar o empreendimento e conseguiu arrecadar mais de £108,000. Agora o novo café londrino está em fase de construção e ainda não tem data definida de inauguração. Para ver o vídeo da campanha, clique aqui.

Clique em uma das imagens abaixo para visualizar a galeria

Você pode se interessar também por...