As vistas do Monte Fuji

Fuji refletido no lago Kawaguchi, em Yamanashi

Fuji refletido no lago Kawaguchi, em Yamanashi

Enquanto a UNESCO não divulga a lista dos novos Patrimônios da Humanidade até a metade de 2013, o monte Fuji, um dos candidatos, continua a exibir sua imponência nas paisagens do Japão.

Nesta época do ano, em que o topo do vulcão ainda está coberto de neve, as trilhas estão fechadas para escalada. Mas, mais do que estar no monte Fuji, a atração do inverno está em poder contemplar as paisagens que ele cria à sua volta. Dependendo das condições climáticas, ele pode até ser avistado desde a capital, Tóquio.

Um dos principais símbolos do país, o Fuji-san é alvo de lentes fotógraficas que possibilitam a composição de enquadramentos tais quais os de Katsushika Hokusai, autor que difundiu o ukiyo-e no ocidente com a série “36 Vistas do Monte Fuji” (1826-1933).

Os Cinco Lagos do Fuji 

Yokoso Japan

Os cinco lagos do Fuji

Ao norte do Monte Fuji está a região dos Cinco Lagos do Fuji (Fuji-go-ko), composta pelos lagos Motosu, Shoji, Kawaguchi, Sai e Yamanaka. A região é propícia para acampamentos, pesca e passeios de barco.

Monte Fuji visto do lago Shoji


O Shoji é o menor dos lagos, com 5 quilômetros de circunferência.

Foto: Akira Okada/JNTO

Lago Motosu

Detalhe da nota de mil ienesDetalhe do Motosuko na nota de mil ienes

Já o lago Motosu é um dos lagos mais profundos da região e foi a vista do lado norte de suas margens que inspirou a imagem impressa na nota de mil ienes.

Aproveitar o passeio pelo lago Sai deve incluir a exploração de algumas das cavernas do Fuji (Bat Cave, Ice Cave e Wind Cave). A oeste do lago está o museu a céu aberto “Iyashi no Sato”. A vila de artesãos é formada por construções em estilo tradicional japonês.

Akira Okada/JNTO

Lago Sai

O lago Kawaguchi é o que oferece mais opções de infraestruturas para turistas, com fácil acesso (de carro ou transporte público) e restaurantes, museus e onsens nos arredores. Às suas margens, um corredor forma o “Koyo Tunnel” de onde se forma uma moldura vermelha de momijis, no outono. Ao lado do lago, o Monte Tenjo abriga um mirante de onde se vê o Monte Fuji.

JNTO

Lavanda às margens do lago Kawaguchi


Mais ao norte do lago Kawaguchi está localizado o Templo Arakura Sengen, outro ponto de observação do Monte Fuji.

A vista do alto da montanha se completa com o Chureito Pagoda, que está voltado para a cidade de Fujiyoshida.

Fujiyoshida City/JNTO

Vista do Fuji com Chureito Pagoda, no Templo Arakura Sengen


Foto: MOEJ

O lago Yamanaka é o maior da região dos Cinco Lagos

O maior dos Cinco Lagos é o Yamanaka. Na região, encontra-se opções de banho público com áreas externas em que se pode apreciar a montanha mais alta do Japão.

Conheça outras regiões na continuação da matéria.

Páginas: 1 2

Você pode se interessar também por...