Primeira unidade de escola de música da Yamaha chega ao Brasil

“Ouvir, cantar, tocar, ler, criar” – esse é o lema do projeto de educação musical da escola da Yamaha no Brasil. Com inauguração marcada para o dia 14 de março, a Yamaha Music School traz seu método de ensino de música para crianças.

O Junior Music Course (JMC) é voltado para crianças de quatro a cinco anos e tem o objetivo de iniciar a apreciação musical justamente quando a criança passa pela fase de desenvolvimento auditivo.

“Mais do que vender instrumentos, a Yamaha também quer mostrar ao público a alegria de aprender música, como a música pode ser divertida”, ressalta Tadanori Aoki, responsável pela implementação da escola no Brasil.

“O objetivo não é formar profissionais, mas despertar o interesse, para que as crianças aprendam desde pequenas a apreciar a música”, acrescenta Aoki.

A unidade de São Paulo será a primeira da Yamaha Music School no Brasil. O plano é, em 10 anos, ter 40 filiais na capital e Grande São Paulo. A partir dessa primeira experiência, a empresa pretende abrir escolas em outras cidades como Brasília, Curitiba e Florianópolis.

Método
O método consiste em trabalhar com a ênfase na escuta seguindo um material próprio que traz uma mistura de clássicos de música orquestrada como parte de um sistema educacional presente em mais de 40 países.

Os livros foram desenvolvidos no Japão e trazem personagens como o Puppuru, o mascote do JMC.

Como parte do método, recomenda-se a participação dos pais ou responsáveis para proporcionar uma convivência mais agradável em sala. Além disso, todas as aulas são em grupos de cinco a dez alunos, para que as crianças aprendam a dinâmica de trabalho em equipe e interação social.

O primeiro instrumento com que as crianças entram em contato é o teclado, mesclando o canto com as notas musicais, a leitura de partituras e a criação de músicas com improvisação.

Momento favorável
A empresa firma o novo empreendimento em um momento favorável em que a música volta a ser tema em discussões no sistema educacional brasileiro. A partir do ano passado, a lei nº 11.769 de 18 de agosto de 2008 tornou obrigatória a introdução da música no currículo do ensino básico no país.

Segundo a coordenadora da primeira unidade de São Paulo, Mariana Okuyama Stephenson, uma turma já foi formada, e a partir de 14 de março, o atendimento na escola será de segunda a sábado.

A escola também oferece cursos para adultos, o Popular Music Course (PMC), com formação de turmas para aulas de violão, piano, bateria e outros instrumentos.

Ex-aluna
A pianista Alessandra Odazaki será uma das professoras do curso. Atualmente, está em fase de treinamento específico para as aulas.

Alessandra é também uma ex-aluna. Dos 6 aos 9 anos de idade, ela estudou na escola da Yamaha na província de Okayama, no Japão.

“Tenho uma lembrança muito clara de assistir ao filme Amadeus quando tinha 5 anos. Por causa desse filme, fiquei com vontade de ser pianista e estudar música”, conta Alessandra. “É sempre muito bom participar de um projeto novo. Você aprende muito, cresce muito como pessoa e como profissional”, completa.

Clique em uma das imagens abaixo para visualizar a galeria

Fotos: Ricardo Miyajima

por: Karin Kimura e Henrique Minatogawa

Redação Made in Japan Redação do site Made in Japan

Compre agora na Amazon

Seu Nome em Japonês

Cotações de Moedas

  • Dólar: R$ 5,5426
  • Euro: R$ 6,0492
  • Iene: R$ 0,0353
Fonte: BCB (18/07/2024)
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e produzir estatísticas de acesso de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.