Teste: Panasonic LED Neck Light

A lanterna é o tipo de coisa que geralmente só percebemos a utilidade quando precisamos dela. Para quem já passou por alguma necessidade, em que não havia isqueiro, celular ou tocha, é fácil pensar em uma situação que prove a sua utilidade.

No fim do ano passado, a Panasonic lançou no Brasil a LED Neck Light, lanterna cuja proposta é oferecer iluminação e deixar livres as mãos do usuário.

A lanterna é composta por, basicamente, duas peças: o cordão e o conjunto da lâmpada LED e baterias. O conjunto mede 3 X 5 X 2,6 cm, enquanto o cordão tem 20 cm de diâmetro. No total, a lanterna tem 40 g (baterias incluídas).

O encaixe do conjunto no cordão é firme e, como é voltado para baixo, dificulta a entrada de água, suor e sujeira. O alcance é de aproximadamente 10 metros, o que é satisfatório, considerando que o uso é, a princípio, individual.

Embora a ideia de pendurar a lanterna no pescoço (como o nome sugere) seja estranha no atual contexto sócio-cultural, a lanterna pode ser muito útil para quem realmente precisa das mãos livres e iluminação portátil ao mesmo tempo.

Assim, falamos principalmente de atividades noturnas ao ar livre, como caminhadas, trilhas e até passeio com o cachorro, em que ter as mãos livres é uma valiosa vantagem. Pode servir também como meio de sinalização para ciclistas, skatistas e patinadores.

Ou também para uma simples e comum falta de luz doméstica.

DSC_0018Lanterna tem 40 g Note que não falamos ainda sobre praticantes de corrida de rua. Neste caso, conforme a pessoa corre, a lanterna bate no peito repetidamente, o que incomoda. A menos que se consiga fixar bem a lanterna, haverá esse inconveniente.

Como o material de que é feito o cordão é emborrachado e maleável, é possível amarrar a Neck Light em diversos lugares, não apenas no corpo. Por exemplo, guidão de bicicleta, maçaneta de porta, retrovisor de carro, grades, cercas, galho de árvore etc.

Já que este site é especializado em Japão, para quem vai viajar ou mora no país, pode ser um bom meio de iluminação, uma vez que muitas ruas japonesas (especialmente nas cidades pequenas), não têm iluminação. Ainda, a lanterna pode ser útil para subir o Monte Fuji – inclusive, agora é verão no Japão, época em que a escalada é permitida para não profissionais.

Clique em uma das imagens abaixo para visualizar a galeria de fotos

Fotografia: Rafael Salvador (1 a 5) / Henrique Minatogawa (6 a 10)
Produção: Rafael Salvador
Modelo: Camila Megumi (Agência Retrato Falado)

Panasonic LED Neck Light

Peso: 40 g (com baterias)
Diâmetro do cordão: 20 cm
Alimentação: Bateria CR2032 (X2)
Autonomia: aproximadamente 15 horas (segundo fabricante)
Disponível em quatro cores: preto, rosa, azul e amarelo