Dia do Cachorro – Inu no Hi

O shiba é o cachorro mais comum no Japão

O shiba é o cachorro mais comum no Japão

No Japão, o dia 1º de novembro, além de Dia do Sushi, é também o Dia do Cachorro. A explicação para a escolha deste dia é um jogo de palavras – prática muito apreciada no Japão.

O dia 1º de novembro é 1/11. Em inglês, ficaria “one, one, one”. No Brasil, a onomatopeia para o latido dos cães é “au, au”. No Japão, é “wan, wan”.

Logo, 1º de novembro, em japonês, é “wan, wan, wan”, o Dia do Cachorro.

Shiba e akita
As raças japonesas de cães mais conhecidas são akita e shiba.

O akita tem sua origem na região norte do Japão; o próprio nome vem da província de Akita. É um cão adaptado para clima frio, apesar de ser conhecido e encontrado em diversos países – também no Brasil.

Provavelmente o akita mais famoso é Hachiko, o cachorro que, por 10 anos, esperou o retorno de seu dono na estação de Shibuya, em Tokyo. A história inspirou o filme Hachiko Monogatari (de 1987) e sua adaptação Sempre ao seu Lado (2009).

O shiba é o cão mais facilmente encontrado no Japão, porém, raro em outros países. É semelhante ao akita, mas menor e quase sempre na mesma cor, marrom claro.

No cinema, o filme Mari to Koinu no Monogatari (de 2007), inspirado em uma história real, tem uma cadela shiba como protagonista. Durante o forte terremoto de Niigata, em 2004, ela ajudou um idoso preso sob escombros ao mesmo tempo em que cuidou de seus filhotes recém-nascidos.

Pessoas acariciam cão da raça akita em parque no Japão

Pessoas acariciam cão da raça akita em parque no Japão

Você pode se interessar também por...