Haikais de Mario Quintana visitam o Metrô de São Paulo

Haikais do poeta Mário Quintana (1906-1994) começaram sua visita às estações do Metrô de São Paulo. A ação faz parte do projeto Poesia no Metrô, iniciado no final de 2009 com a exposição de poemas consagrados da Língua Portuguesa e que terá prosseguimento em 2011 com “20 Poetas Paulistas do Século 20”.

Os haikais são uma forma de poesia de origem japonesa, que valoriza a concisão e a objetividade, pois só tem três versos. Os de Mário Quintana começam a sua visita pelas estações Saúde, Ana Rosa, Corinthians-Itaquera e Largo Treze, onde ficarão até o início de janeiro. A partir daí, irão para Capão Redondo, República, São Judas e Tatuapé. Em fevereiro, será a vez das estações Luz, Capão Redondo, Tiradentes e Vila das Belezas.

No total, serão expostos 10 haikais em 20 totens dupla face, ocupando 40 espaços das 11 estações, divididas em três grupos, abrangendo todas as linhas do Metrô.

O projeto Poesia no Metrô é uma ideia da Companhia de Poesia. Segundo seu diretor, o poeta Carlos Figueiredo, a promoção da leitura de poesia é um esforço no sentido de tornar conhecida, por pessoas que dificilmente a ela teriam acesso. “Com isso, procuramos despertar o interesse da população para a leitura, uma ação urgente e essencial nos dias de hoje”, conclui Carlos Figueiredo.

Você pode se interessar também por...