Japoneses recebem Nobel de química

Os pesquisadores japoneses Ei-ichi Negishi e Akira Suzuki dividiram o Prêmio Nobel de química de 2010 com o americano Richard Heck, quarta-feira 6. Os cientistas foram reconhecidos por desenvolver uma técnica que pode ser aplicada no teste de medicamentos contra o câncer e na produção de telas de computador mais finas.

De acordo com a Real Academia Sueca de Ciências, a homenagem foi concedida em razão do desenvolvimento do “acoplamento cruzado do paládio catalizado em sistemas orgânicos”. Eles dividiram 10 milhões de coroas suecas (equivalente a cerca de 2,5 milhões de reais).

Negishi, 75 anos, é professor na Universidade Purdue, nos Estados Unidos, e Suzuki, 80 anos, é professor emérito da Universidade de Hokkaido.

Nos últimos dez anos, cinco cientistas japoneses receberam o Nobel de química, incluindo Negishi e Suzuki.

Você pode se interessar também por...