Morre japonês que sobreviveu a duas bombas atômicas

O Japão perdeu a única pessoa, oficialmente reconhecida, a ter sobrevivido às bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki. Tsutomu Yamaguchi, de 93 anos, morreu nesta segunda-feira 4. De acordo com jornais japoneses, ele sofria de câncer no estômago.

Em agosto de 1945, Yamaguchi, que morava em Nagasaki, estava a trabalho em Hiroshima. Ele foi atingido pela bomba atômica que caiu sobre a cidade. Logo em seguida, ele voltou a Nagasaki, onde a segunda bomba explodiu, três dias depois do primeiro ataque.

Recentemente, o governo japonês certificou Tsutomu Yamaguchi como a única pessoa a ter sobrevivido aos ataques, que levaram o Japão a se render em 15 de agosto, marcando o fim da Segunda Guerra Mundial.

Yamaguchi começou a falar abertamente sobre suas experiências depois da morte de seu segundo filho, em 2005, que também sofreu o ataque atômico. Ele participou do documentário Niju Hibaku, lançado em 2006, que relatou as experiências de pessoas que sobreviveram aos ataques atômicos.

Veja também:
.: Japonês sobreviveu às bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki
.: Exposição fotográfica mostra crianças no Japão
.: Obama deseja visitar Hiroshima e Nagasaki

Você pode se interessar também por...