A adaptação escolar dos filhos de dekasseguis no Brasil

Muitas pessoas perguntam: o que os pais podem fazer para ajudar as crianças que estão deixando o Japão e vindo estudar no Brasil?

Vai dar trabalho, porque os professores daqui também não têm o menor preparo, nenhuma qualificação, não fazem idéia do que acontece no Japão, e não têm material didático apropriado.

Muita coisa vai ficar para a família: tentar aumentar o vocabulário da criança, apresentar da melhor forma possível o país e as outras crianças. Será necessário ter paciência com as birras, e as reclamações sobre a adaptação (melhor que a criança reclame do que aceite quieta).

Será preciso procurar ajuda, especialmente um apoio emocional, pois cada criança vai lidar com isso de forma diferente. E se ela não fizer a transição de forma saudável, podem aparecer complicações bem mais tarde.

O ISEC está conduzindo o Projeto Kaeru, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de SP. Estou coordenando esse projeto, que e é voltado exatamente para a readaptação das crianças retornadas.

Estamos tentando um acordo com as escolas municipais (com a Secretaria de Educação do Municipio), para ver se atendemos o maior número de crianças possível. Nesse primeiro semestre, estamos planejando visitar algumas cidades do interior, de onde muitas escolas escreveram contando sobre seus alunos retornados.

Pessoas interessadas podem entrar em em contato conosco, por meio do e-mail: projetokaeru@isec.org.br
por: Kyoko Nakagawa