Japonês vai mal, mas está feliz

O piloto japonês, Sakon Yamamoto, que finalizou o GP da China em 17° lugar, afirmou que a escolha dos pneus foi o grande desafio da prova em Xangai, domingo 7.

Além do péssimo rendimento e de sua fraca atuação nas últimas corridas da temporada, o piloto da Spyker, ficou satisfeito em chegar ao fim da corrida.

“Cometemos alguns erros hoje, principalmente na escolha de pneus. Foi difícil e acho que todos assumiram riscos”, contou o japonês da Spyker.

“Mas terminar a prova foi o mais importante, mesmo com quatro pit stops.”