Rubinho crê em corrida quente

O próximo GP, que será realizado na Húngria, será nas palavras do píloto da Toyota, Rubens Barrichello, bem quente e excitante. O piloto também revelou que a Honda utilizará novos componentes aerodinâmicos e mecânicos testados em Jerez de la Frontera, na Espanha, na última semana.

“Possivelmente será um dos mais quentes GPs da Hungria. Nossos testes da semana passada foram uma boa oportunidade de adaptação a tais condições, tanto em termos do carro quanto de preparo pessoal”, falou o brasileiro.

“Temos alguns componentes novos – aerodinâmicos e mecânicos – que funcionaram bem em Jerez, e parece que encontramos um pouquinho mais de desempenho. Agora, temos de ver como isso vai funcionar em Hungaroring”, completou.