Barrichello critica carro da Honda

O piloto da Honda Rubens Barrichello, que fechou o GP da Europa na 11ª posição, afirmou que gosta de corridas com condições instáveis do tempo, mas lamentou neste domingo 22 não pode tirar proveito dessas situações. O brasileiro disse que o carro da Honda não rendeu bem após o toque com Nico Rosberg.

“Estou muito decepcionado com o resultado de hoje. O carro estava ruim desde o início e não melhorou em parte alguma da corrida, provavelmente por causa dos danos causados quando eu fui atingido pelo Rosberg”.

“Eu adoro essas corridas com pista molhada e seca, mas o carro não correspondeu e não pudemos tirar o máximo das circunstâncias”, completou Barrichello, que venceu o GP da Europa há cinco anos, em 2002.