Yamaha pede punição a espanhol

A escuderia japonesa Yamaha entrou segunda-feira 23 com um pedido de punição ao piloto espanhol Toni Elias, da Honda.

No Grande Prêmio da Turquia, domingo 22, Elias ultrapassou o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, em uma manobra perigosa que quase tirou Rossi da prova. O heptacampeão mundial de motovelocidade reclamou muito da conduta do espanhol após a corrida.

“Concordo com Valentino. Durante a corrida algumas coisas podem acontecer, mas nesse caso Elias merece sofrer algum tipo de punição”, atacou o chefe da Yamaha, Davide Brivio.

“Sua conduta deveria ser analisada pelos diretores da prova, até mesmo para impedir que episódios como esse se repitam no futuro.”

Você pode se interessar também por...