Jovens japoneses são mais solitários, aponta UNICEF

O Japão tem a maior proporção de jovens que se sentem sozinhos entre os países mais industrializados do mundo, apontou uma pesquisa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) divulgada na quarta-feira.

Quase um terço dos jovens com 15 anos (ou 29,8%), declararam se sentir solitários, seguido pela Islândia com 10,2% das respostas. Países como a França (6,4%) e Grã-Bretanha (5,4%) apresentaram índices bem menores.

Cerca de 18,1% dos jovens japoneses também declararam se sentir “deslocados”, liderando o quesito no ranking. Na segunda colocação está a Bélgica, com 15,6%.

Com relação à qualidade material no ambiente escolar, o Japão está na penúltima colocação.

Um total de 53,3% das crianças japonesas com 15 anos de idade não tem acesso a oito itens considerados prioritários pelo Fundo. Entre eles estão mesa para estudo, um computador para trabalhos escolares e uma conexão na internet. Nesse quesito, o Japão só perde para a Grécia, com 61,8%.

A pesquisa da UNICEF cobriu 24 dos 25 países mais industrializados do mundo. Somente os EUA não participaram desse segmento do censo.

Redação Made in Japan Redação do site Made in Japan

Compre agora na Amazon

Seu Nome em Japonês

Cotações de Moedas

  • Dólar: R$ 4,9419
  • Euro: R$ 5,3432
  • Iene: R$ 0,0328
Fonte: BCB (22/02/2024)
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e produzir estatísticas de acesso de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.