Reunião do G-7 discutirá sobre iene, dizem especialistas

A reunião entre sete maiores economias do mundo, conhecido como G-7, teve início na sexta-feira em Essen, na Alemanha. Segundo analistas, o principal assunto em pauta nas conversas de dois dias serão aquecimento global, fontes de energia alternativa e enfraquecimento do iene.

A questão da diminuição do valor da moeda japonesa em relação ao euro tem sido constantemente discutida entre os chefes de Estado europeus. Porém, dizem os analistas, os EUA e o Canadá estão relutantes pela correção de seu preço.

Mas, ainda sim, espera-se que ministros financeiros e presidentes de bancos centrais da Grã-Bretanha, Canadá, França, Alemanha, Itália e Estados Unidos peçam pelo ajuste do real valor de mercado do iene.

Em Tokyo, o Ministério das Finanças do Japão desmentiu que o assunto enfraquecimento da moeda esteja em pauta no encontro do G-7.

A expectativa é que os líderes financeiros do grupo discutam no sábado as relações da taxa de câmbio para deixar o comércio internacional mais justo. A China, inclusive, deve participar das discussões.

O encontro deve começar com um jantar entre o G-7 e as principais economias emergentes do mundo – Brasil, Índia, China, México, Russia e África do Sul. O principal foco das conversas será as negociações da Rodada Doha, em que se discutirá a diminuição de subsídios por parte dos países industrializados e da abertura comercial dos países em desenvolvimento.

Outras questões que poderão ser discutidas entre os líderes do G-7 inclui a reforma no Fundo Monetário Internacional (FMI) e o financiamento a países africanos.

Você pode se interessar também por...