Atum de 206 quilos é comprado por 4,13 milhões de ienes

Um atum vermelho de 206 quilos capturado na província de Aomori foi vendido por 4,13 milhões de ienes (75 mil reais) no primeiro leilão do ano no mercado de peixes de Tsukiji, em Tokyo. A expectativa é que o preço dos peixes aumentem com a redução da cota internacional de pesca do atum-vermelho, no final de 2006.

O peixe leiloado, porém, não é o mais caro do país. Em 2001, um atum de 202 quilos foi vendido por 20,2 milhões de ienes. “Os preços pagos (pelos atuns) estão num nível mais razoável do que o esperado”, disse um vendedor de peixes do atacado.

Por enquanto, a importação está segurando o preço dos atuns-vermelhos no maior país consumidor do peixes no mundo. Mas a popularização da carne de atum em países como México, Austrália e EUA podem levar a um aumento de preço.

De acordo com a nova cota de pesca, Comissão Internacional para a Conservação dos Atuns do Atlântico (ICCAT), o Japão pode capturar 3 mil toneladas do peixe ao ano até 2012. Em 2006, a cota era de 6 mil toneladas.

A imposição de limites na pesca visa proteger as reservas mundiais de peixes e frear a pesca excessiva no mar do Atlântico.