Honda pretende lançar carro à pilha em 2018

Segundo um comunicado emitido à imprensa, a montadora japonesa Honda pretende produzir em massa carros ecológicos movidos à pilha até 2018.

De acordo com a empresa, o início da produção de um veículo movido à hidrogênio (o sedã conceitual FCX) está previsto para 2008 no Japão e nos EUA. “Acredito que essa tecnologia tornará muito próxima a produção em massa desses veículos em dez anos ou menos”, disse o presidente da Honda, Takeo Fukui.

A terceira maior montadora de carros no Japão, porém, sabe que terá que enfrentar muitas dificuldades como descobrir um método de reduzir o uso de metais nobres usados em pilhas, aumentar o armazenamento de hidrogênio no tanque e de produzir hidrogênio a um custo menor. Mas Fukui está confiante de que “haverá muitos consumidores que comprariam” um carro movido à pilha da Honda se seu preço no mercado for de 10 milhões de ienes.

Os carros movidos a pilha produzem eletricidade através de uma reação química entre o hidrogênio e o oxigênio, tendo apenas água como produto final. O corte no nível de emissão de CO2 na atmosfera seria bastante representativo com um veículo desse tipo.

Sobre a possibilidade de a Honda fazer uma parceria para produzir baterias ecológicas, como em carros híbridos, Fukui deixou em aberto a questão. “Agora, não temos absolutamente nenhum plano”, respondeu o presidente da montadora.

A Toyota já produz uma bateria em conjunto com a Matsushita Eletric e rumores apontam que a Nissan planeja fazer uma parceria com a NEC para desenvolver baterias para carros híbridos de gasolina e eletricidade.