Obras avaliadas em 153 milhões são roubadas em Nara

Um total de 23 obras de arte, estimadas em torno de 153,3 milhões de ienes, foram roubadas do Museu Yamato Gyokusenkaku, em Sakurai, na província de Nara.

Entre as obras roubadas estão uma pintura em pergaminho do pintor japonês Okyo Maruyama (1733 – 1795) e 12 gravuras dos artistas Taikan Yokoyama (1868 – 1958) e de Gyokodu Kawai (1873 – 1957). Dois pratos, três vasos e um jarro de autoria do ceramista Kenkichi Tomimoto também estão entre os itens roubados.

De acordo com a polícia, o crime teria ocorrido entre às 16h20 da terça-feira e às 8h30 da quarta-feira: foi este o horário em que o funcionário do museu encontrou a porta de entrada do primeiro andar arrombada e um vidro de exposição no segundo andar quebrado, onde algumas das obras roubadas estavam expostas.