“Honda não deve ter medo de errar”

Shuhei Nakamoto, diretor-técnico da Honda, declarou que o time não deve ter medo de cometer erros, pois só assim a equipe poderá progredir no futuro.

“Todos podem falar livremente, dando sugestões e expondo suas opiniões. Se uma idéia estiver teoricamente correta e for considerada útil, será discutida, mesmo que venha de um funcionário sem muita experiência”, disse.

O japonês acredita que essa idéia, baseada na experimentação – que foi instalada desde que assumiu o cargo, em junho de 2006 – trouxe resultados e ajudou a escuderia a melhorar sua posição no campeonato.

Nakamoto comemorou a mudança de atitude observada entre os membros da Honda. “Os mais jovens começaram a falar e a contribuir mais e eu fico feliz com isso”, concluiu.