Feliz Ano-Novo!

Made in Japan

Assim como no Brasil, o ano-novo (oshogatsu) no Japão é celebrado com um banquete especial. E os pratos, além de serem deliciosos, vêm envoltos por uma aura de superstições. É o caso do ozooni, que, segundo a tradição, traz muita sorte àqueles que o consumirem nos primeiros dias do ano.

Essa iguaria é uma sopa bem leve preparada com moti (bolinho de arroz), vegetais, frutos do mar e, às vezes, alguma carne. O grande curinga do prato é o moti, que é oferecido aos deuses antes das festividades. Diz uma lenda chinesa, que chegou ao arquipélago há mais de mil anos, que quem experimenta o moti após o ano-novo estará “comendo o espírito do arroz, enriquecido pelos deuses”.

O ozooni é fácil de ser preparado, principalmente porque não existe uma receita única – há mais de cem versões distintas deste prato. Elas variam de acordo com a região ou com o próprio gosto da família. A Made in Japan selecionou uma receita básica de ozooni. Confira:

Para o preparo, você irá precisar de uma tira de kombu (alga), quatro fatias finas de nabo, 100 g de frango (sobrecoxa), quatro shiitakes médios, quatro fatias médias de narutomaki (massa de peixe), a mesma quantidade de motis, horenso (espinafre japonês) e cebolinha a gosto. Cozinhe as fatias de nabos e reserve. Em outra panela, aqueça, em fogo baixo, a água com o kombu; depois, acrescente o hondashi, o saquê, o mirin e o shoyu. Antes de adicionar o frango, cozinhe-o por dois minutos para tirar a gordura. Acrescente o nabo que estava reservado, o shiitake e o narutomaki.

Retire a espuma que se forma para que não altere o sabor. Molhe o moti em água quente e, em seguida, acrescente-o ao caldo. Quando montar o prato, inclua o horenso e a cebolinha. Para o caldo, é preciso um litro de água, uma colher de chá de hondashi, duas colheres de chá de saquê, a mesma quantidade de saquê mirin e uma colher de chá de shoyu branco. E atenção: como se trata de uma receita simples de ser preparada, é importante estar atento às cores dos ingredientes para criar um visual bonito.

O ozooni é um prato festivo; portanto, não costuma constar no cardápio da maioria dos restaurantes japoneses no Brasil fora do período que engloba os primeiros dias do ano.

Veja mais sobre o ozooni no site Hashitag.com.br
Reportagem: Lívia Maria de Souza