12 mil se reúnem em protesto pela educação

Aproximadamente 12 mil pessoas, a maioria professores, reuniram-se em um parque de Tokyo para realizar uma manifestação pela revisão da lei básica de educação. Os profissionais são contrários à revisão do governo, que institui o incitamento ao patriotismo nas aulas, e pretendem ignorar essa ordem.

“O governo está tentando criar cidadãos prontos a morrer pelo país através da revisão e do controle que teremos sobre eles”, disse Yasuo Morikoshi, principal líder da União dos Professores. “Precisamos parar com isso”.

Eles redigiram um manifesto que diz que a “revisão da lei básica de educação não irá resolver vários problemas que envolvem as crianças, como ijime. É necessário garantir seus direitos humanos e a oportunidade de aprender”.

Os participantes seguiram para o prédio da Dieta (Kokkai) gritando palavras de ordem, “O governo não deve intervir na educação”.