Vendedor induz idosos a gastar 80 milhões em produtos

Um lojista de Nagasaki vendeu aproximadamente 80 milhões de ienes em bens para dois homens idosos convencendo-os a comprar dezenas de produtos, incluindo nove televisores, de acordo com o Centro de Informação ao Consumidor da província e da cidade.

Mais de 150 contratos de venda foram assinados com os dois homens desde 2000, mas poucas entregas foram feitas, disse um funcionário do centro. O dono da loja culpou a competição desleal entre corporações. “Para poder competir com as grades redes varejistas, eu vendi agressivamente”. disse. “Além disso, eu usei o dinheiro para pagar salários e despesas”.

O lojista de 49 anos começou a visitar o aposentado de 83 anos em março de 2000 e concluiu aproximadamente contratos de venda para nove aparelhos de tevê, sete ar-condicionados, 31 cobertores de pele, entre outros produtos. O valor das compras alcançaram 60 milhões de ienes.

Em junho deste ano, o idoso perguntou ao Centro de Informação ao Consumidor se ele poderia tomar um empréstimo pois tinha somente 3 mil ienes na conta. De acordo com o centro, o lojista também visitou um homem de 80 anos que mora sozinho e concluiu a venda de 56 produtos, que alcançaram 20 milhões de ienes.

Nos dois casos, disse o funcionário do centro, o vendedor ganhou a confiança dos compradores e os persuadiu a gastar dinheiro inutilmente. Não se sabe se ele será punido judicialmente.