Piloto da Williams desdenha motor da Toyota

A quinta-feira em Jerez, onde dez das 11 equipes dão continuidade aos testes de inverno da Fórmula 1, foi agitada pelas declarações do piloto Nico Rosberg, da Williams.

Em entrevista à agência de notícias “Sport-Informations-Dienst”, o alemão disse que a mudança da Cosworth para a Toyota, nova fornecedora de motores da equipe inglesa, não trará grandes benefícios.

“Será um propulsor bom e confiável, com toda a certeza. Mas não acredito que será um salto muito grande. De qualquer forma, temos de esperar para ver”, afirmou, pouco empolgado, o piloto.