Principais montadoras japonesas registraram aumento nas exportações

Três das cinco maiores montadoras do Japão registraram aumento nas exportações no mês de outubro, de acordo com informações reveladas pelas próprias empresas.

A Honda Motor teve um aumento de 45% nas exportações, o quinto aumento consecutivo da marca. O crescimento na Toyota, juntamente com seu grupo Daihatsu e Hino Motors, foi de 20,3%, enquanto na Mazda, 61.277 unidades foram vendidas no exterior, registrando um aumento de 10,9%.

Em compensação, os números da exportação da Mitsubishi Motors caíram 17,4% em outubro. De acordo com a empresa, a retração ocorreu principalmente na Indonésia, na Malásia e em Taiwan, cujas economias estão em condições desfavoráveis.

Mesmo com o aumento das vendas na América do Norte e na Europa, a Nissan amargou uma diminuição de 1,7%. O curioso é que a venda de veículos no Japão aumentou para a Nissan e a Mitsubishi, mas diminuiu para a Mazda, para a Honda e para o grupo Toyota.

A Nissan registrou crescimento de 1,6% nas vendas domésticas enquanto a Mitsubishi teve 22,2% de aumento de carros vendidos. Já na Honda, a diminuição nas vendas foi de 6,2%, enquanto que a queda na Mazda foi 18,8%. O grupo Toyota teve uma retração de 5,4%, mas continua sendo a empresa que mais vende carros no Japão, sendo 181.445 unidades só nesse ano.