Juros e Softbank fazem bolsa cair 1,08%

O índice Nikkei da bolsa de Tóquio encerrou a quarta-feira em queda de 1,08%, para 16.215 pontos, menor fechamento desde 4 de outubro. As ações do Softbank Corp. caíram antes da divulgação do resultado trimestral e investidores se desfizeram delas à espera do resultado final das eleições dos Estados Unidos. Além disso, a especulação sobre um possível aumento na taxa de juros do Japão (um dos menores do mundo) contribuiu para a queda.

Hoje, o membro do conselho de política do Banco do Japão (BOJ), Atsushi Mizuno, disse que a autoridade monetária vai ajustar a taxa de juros gradualmente, dependendo do movimento da economia e dos preços. As ações mais afetadas pela declaração foram de companhias de setores imobiliários, como a Sumitomo Realty & Development e da Mizuho Financial Group. Também contribuiu para o fato os resultados insatisfatórios da Aiful Corp, que impulsionaram a venda de papéis de financeiros.

Já as ações da Softbank tiveram uma queda de 4,1%. Após o fechamento dos mercados, o conglomerado de Internet e telecomunicações divulgou lucro oito vezes maior que o registrado no ano anterior. Apesar disso, no acumulado do ano, a empresa permanece com prejuízo de 4,18 bilhões de ienes.