Cerimônia marca 50 anos da primeira expedição a Antártica

Em Tokyo, uma cerimônia marcou o aniversário de 50 anos da primeira expedição a Antártica realizada pelo Japão. Para celebrar a data foi feita uma encenação do momento em que os pioneiros zarparam do país.

A bordo do navio quebra-gelo Soya, que foi aposentado e hoje se encontra aportado no museu de Daiba, membros da primeira expedição saudaram o público no cais e jogaram as tradicionais fitas de papel colorido usadas quando os barcos partem.

A cerimônia começou com o hasteamento de uma bandeira para desejar sorte aos viajantes. Depois, Soya tocou seu apito como um sinal de partida.

Algumas das 300 pessoas que se envolveram nas seis expedições participaram do evento. Takashi Nagata, de 82 anos, que liderou a primeira viagem, disse que ela não foi fácil porque o barco balançava violentamente nos mar agitado.”É incrível que tenhamos ido até a Antártica com este navio pequeno”, disse Nagata.

Construído em 1938 e usado durante a Segunda Guerra Mundial antes de ser remodelado para as missões na Antártica, o barco Soya partiu do porto de Harumi, em Tokyo, às 11h do dia 8 de novembro de 1956, carregando 53 tripulantes. A embarcação ainda faria mais cinco viagens entre 1956 e 1962.