Escolas japonesas não oferecem currículo completo

Mais de 200 escolas do ensino médio foram tiveram seus currículos considerados incompletos, o que afeta mais de 20 mil estudantes. Essas escolam não oferecem todas as disciplinas obrigatórias.

Uma escola em Hokkaido falsificou o documento com as notas dos alunos, inserindo notas para uma matéria não oferecida pela escola.